Google quer zerar emissão de carbono até 2030

Gigante de tecnologia pretende conseguir zerar suas emissões de carbono em menos de uma década
-Publicidade-

Em 2019, 61% de toda a energia consumida pelo gigante de tecnologia veio de fontes renováveis

plataformas
Foto: brionv/Flickr
-Publicidade-

O Google anunciou que pretende alimentar seus servidores e escritórios com energia 100% livre de emissões de carbono até 2030. Sundar Pichai, o CEO da empresa, disse, à agência de notícias Reuters, que a meta ambiciosa exigirá esforços que superam a norma da indústria de tecnologia. “O problema é tão imenso que muitos de nós precisamos mostrar o caminho e mostrar soluções”, alertou.

Leia também: “Apple é a primeira empresa norte-americana a valer mais de US$ 2 trilhões”

Em 2019, 61% de toda a energia consumida pelo gigante veio de fontes renováveis — energia eólica e solar, por exemplo. Entretanto, os números entre as unidades da organização estão longe da homogeneidade. Em Oklahoma, nos EUA, 96% do consumo energético da empresa veio de fontes renováveis, enquanto em Singapura apenas 3% tiveram a mesma origem.

“Para planejar 24 horas por dia, sete dias por semana, sem carbono em nossos data centers e campi em todo o mundo, vemos um enorme desafio de logística, razão pela qual trabalhamos duro para chegar lá”, disse Pichai. O CEO do Google só não revela quanto a mudança custará aos cofres da empresa.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comment

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site