Governo anuncia desbloqueio de R$ 4,8 bi do Orçamento

Recurso foi identificado após revisão sobre gastos obrigatórios, como seguro-desemprego e subsídios
-Publicidade-
Paulo Guedes é ministro da Economia
Paulo Guedes é ministro da Economia | Foto: Vinicius Nunes/Agência F8/Estadão Conteúdo

O Ministério da Economia confirmou nesta sexta-feira, 21, espaço adicional de R$ 4,8 bilhões no teto de gastos, a regra que limita o avanço das despesas à inflação, o que ajudará a desafogar ministérios que estão hoje com gastos comprimidos, muitos sob risco de apagão no segundo semestre de 2021.

Esse espaço no Orçamento permite elevar o gasto sem descumprir as regras fiscais. O recurso foi identificado após revisão sobre gastos obrigatórios, como seguro-desemprego e subsídios. A reavaliação abre caminho para a redução do bloqueio no Orçamento, hoje em R$ 9,3 bilhões, para um montante menor, de R$ 4,5 bilhões.

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

-Publicidade-

Leia também: “Insegurança jurídica, a outra pandemia”, artigo de Ubiratan Jorge Iorio publicado na Edição 60 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.