Governo vai socorrer demitidos na pandemia

Ministério da Economia propõe parcela extra do seguro-desemprego a quem deixou o trabalho por causa do vírus chinês
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Agência Brasil
Foto: Divulgação/Agência Brasil | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Ministério da Economia propõe parcela extra do seguro-desemprego a quem deixou o trabalho por causa do vírus chinês

governo
Impacto fiscal será de R$ 7,3 bilhões | Foto: Divulgação/Agência Brasil
-Publicidade-

Na segunda-feira 26, o Ministério da Economia propôs conceder até duas parcelas extras do seguro-desemprego a quem foi demitido sem justa causa de 20 de março a 31 de julho de 2020. A ideia do governo é socorrer 2,76 milhões de pessoas e, para isso, vai ter de desembolsar R$ 7,3 bilhões. Atualmente, as cotas do benefício variam de três a cinco, de acordo com o tempo de serviço. O valor médio é de R$ 1.285. Sindicatos, porém, pressionam para garantir cinco parcelas do benefício e abranger 6,5 milhões de pessoas até dezembro deste ano.

Leia também: “Mercado imobiliário cresce 19,2% em SP”

Contudo, nesse cenário, o impacto fiscal subiria para R$ 16,1 bilhões. O governo foi contra e alegou que a ideia viola a legislação que criou o seguro-desemprego. Caso a ajuda seja aprovada, será necessária ainda a edição de medida provisória, para liberação de crédito suplementar. Integrantes da equipe econômica devem se reunir com centrais sindicais na sexta-feira 30. A proposta está sendo discutida no Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador e precisa de, ao menos, dez votos favoráveis.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site