Mercosul não pode ser ‘sinônimo de ineficiência’, diz Bolsonaro

Em discurso durante reunião de cúpula, presidente afirma que o bloco 'deixou de corresponder às expectativas'
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro fez críticas ao momento atual do Mercosul em discurso durante reunião de cúpula do bloco
O presidente Jair Bolsonaro fez críticas ao momento atual do Mercosul em discurso durante reunião de cúpula do bloco | Foto: Reprodução/TV Brasil

Em discurso na reunião de cúpula do Mercosul nesta quinta-feira, 8, o presidente Jair Bolsonaro fez críticas ao formato atual do bloco e afirmou que mudanças são necessárias para que as relações comerciais entre os países da regiões sejam fortalecidas.

“Não podemos deixar que o Mercosul continue a ser visto como sinônimo de ineficiência, desperdício de oportunidades e restrições comerciais. De modo a superarmos essa imagem negativa do bloco, o foco do Brasil tem privilegiado a modernização da agenda econômica do Mercosul”, disse Bolsonaro.

Leia mais: “Com a Argentina isolada, Brasil assume o comando do Mercosul”

-Publicidade-

“O semestre que se encerrou deixou de corresponder às expectativas e necessidades de modernização do Mercosul”, prosseguiu o presidente, referindo-se ao período em que a Argentina ocupou o comando temporário do Mercosul. “Deveríamos ter apresentado resultados concretos nos dois temas que mais mobilizam nossos esforços recentes: a revisão da tarifa externa comum e a adoção de flexibilidades para as negociações de acordos comerciais com parceiros externos.”

Leia também: “Mercosul: Guedes afirma que Argentina barra acordos comerciais pretendidos pelo Brasil”

Vacinação

Durante seu pronunciamento, Bolsonaro destacou o avanço da vacinação no Brasil contra a covid-19 e prometeu receber os demais líderes em uma nova reunião no fim do ano, provavelmente de forma presencial. “Com o avanço firme e decisivo da vacinação em massa nos próximos meses, estarei honrado em poder recebê-los no Brasil no final do ano”, afirmou.

“Meu governo está empenhado em garantir rápida e plena recuperação da economia neste momento de intensificação da imunização em massa. Os brasileiros voltam a trabalhar, a estudar e a se encontrar com plena segurança. A viver, enfim, em condições de absoluta normalidade”, completou Bolsonaro.

Leia também: “Guedes afirma que o Mercosul é uma armadilha para o Brasil”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site