Petrobras paga recorde de ‘royalties’ e participações

Cifra referente a 2021 é quase 300% maior que a de 2016

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
A Petrobras é a maior pagadora de royalties à União
A Petrobras é a maior pagadora de royalties à União | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A Petrobras pagou recorde de royalties e participações especiais à União em 2021. Foram quase R$ 55 bilhões. O resultado é 70% maior que os pouco mais de R$ 30 bilhões de 2020 e 30% acima do recorde anterior: cerca de R$ 40 bilhões em 2019.

Além disso, a empresa pagou mais de R$ 45 bilhões em impostos no ano passado. “Esses valores expressivos demonstram que as atividades da Petrobras geram retorno não só para a companhia, mas para a sociedade como um todo”, afirmou a petroleira em nota.

A Petrobras é a principal empresa pagadora de royalties e participações especiais aos cofres públicos brasileiros. Os repasses de 2021 foram 285% maiores que em 2016 (cerca de R$ 14 bilhões), ano em que a empresa começou a publicar um relatório com os dados.

-Publicidade-

De acordo com o documento, o crescimento foi contínuo em quase todos os últimos cinco anos. A exceção ficou apenas para 2020, quando houve a redução de R$ 8 bilhões sobre a cifra do ano anterior.

Royalties e participações da Petrobras

Royalties incidem sobre o valor da produção do campo de petróleo ou gás e são pagos mensalmente como compensação financeira devida pelas concessões de exploração e produção. No caso da estatal, eles ficaram próximos de R$ 30 bilhões em 2021.

Já a participação especial é uma compensação financeira extraordinária devida pelos concessionários que atuam em campos de grande volume de produção. Ela somou praticamente R$ 25 bilhões no ano passado, no caso da Petrobras.

Leia também: “Os políticos querem se apropriar da Petrobras”, entrevista concedida por Marina Helena Santos, ex-diretora de Desestatização do Ministério da Economia, à Edição 99 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Concordo com o Neves. A empresa sem ladrões demonstra produtividade e lucro. Grande lucro. Em paralelo é a maior pagadora de impostos. A empresa devia processar todos os que roubaram e quase lincharam o nome “PETROBRÁS”. Não estamos pagando as perdas de acionistas de Wal Street? Fazer a petezada et caterva pagar todas as perdas da Petrobrás, mesmo que custe todas as fazendas dos lulinhas paz e amor, apartamentos, sítios, vestidos da 2ª e 3ª damas….

  2. Conta rápida e arredondada 100 bilhões dividido para 200 milhões de brasileiros, resulta em 500 reais para cada um no ano. Dividido por 12 dá aproximadamente 40 reais mês por pessoa. O problema que vai quase tudo para juízes, MP, politicanalhas, mídia e artetas e nada chega para o pagador de impostos.

  3. Devolveram 100 bilhões do furto. Significa que podem roubar a vontade, não tá muito diferente do pt-mdb-pp-psdb na frente da Petrobras com as propinas.
    Privatiza logo o resto e que abra muitas concorrentes no mercado chega de roubalheiras

  4. Artur, muito bom e necessário falar dos benefícios que a Petrobras esta trazendo para a União e Estados e por consequência ao social. Não tem cabimento o que os maus políticos e a velhaca imprensa atribui a Petrobras, como uma empresa que só visa lucro para os seus acionistas.
    Lamentavelmente até bons jornalistas como Jose Maria Trindade da JP, atualmente falam mal da Petrobras criticando inclusive os altos salários de seus dirigentes, e desmerecem o grande saneamento que as gestões pós Temer tem proporcionado à empresa, a alta produtividade, os excelentes salários de seus empregados e até a ação social com doação de gás para a população de comunidades ao redor de suas unidades.
    Sugiro Artur que você faça uma matéria com os dados que facilmente obterá no site da Petrobras e também esclareça aos consumidores e eleitores qual é a parte da Petrobras no vr. do litro de gasolina comum, do diesel e do gás cobrado nas bombas, e quem são os vilões facilmente identificados, como o ICMS, a Dist/Rev. e o biodiesel e álcool anidro dos Usineiros. Lembre também que a criticada política de preços PPI praticada pela Petrobras é a mesma que pratica o negocio AGROPECUÁRIO, facilmente demonstrável quando comparamos preços de 2019 com os atualmente praticados. SOJA, somos os maior produtor mundial e uma garrafa de 900 ml de óleo de SOJA que custava R$2,50 atualmente R$9,00 e o CAFÉ que custava R$7,50 atualmente R$19,00 e a CANA (álcool, açúcar), CARNE, MILHO etc.etc.
    Temos que acabar com essa hipocrisia de maus políticos e jornalistas e não ter saudades da Petrobras quebrada, que hoje nos traria enorme desabastecimento.
    Vi artigo muito bom no Infomoney de 18/03/22 do excelente gestor engo. Pedro Jobim a respeito da Petrobras, que muito ajuda a população se for acompanhada pelo bom jornalismo da revista oeste, jovem pan e gazeta do povo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.