Renault retoma operações na China e na Coreia do Sul

A francesa Renault informou nesta segunda-feira, 30, que está retomando a atividades nas fábricas da China e da Coreia do Sul. As unidades produtivas estavam paralisadas desde o agravamento da pandemia de coronavírus.
-Publicidade-

Outras fábricas da montadora permanecem fechadas por causa da pandemia de coronavírus

Foto: Divulgação
-Publicidade-

A francesa Renault informou nesta segunda-feira, 30, que está retomando a atividades nas fábricas da China e da Coreia do Sul.

As unidades produtivas estavam paralisadas desde o agravamento da pandemia de coronavírus.

Uma da fábricas é em Wuhan, onde o surto da covid-19 começou. Segundo a Renault, a unidade tem uma capacidade de produção de 150.000 veículos, que “pode ser duplicada”.

“O Grupo Renault informa que, levando-se em conta o impacto da crise sanitária da COVID-19, todas as fábricas do Grupo se encontram agora paralisadas, com exceção das fábricas da China e da Coreia do Sul, as quais retomaram sua atividade, ou estão em processo de retomada”, afirmou o fabricante francês em um comunicado.

As outras fábricas da Renault pelo mundo continuam paralisadas.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site