Sanções devem impactar mercado de tecnologia da Rússia

Cerca de 65% do faturamento do setor depende da venda de equipamentos
-Publicidade-
A Rússia está sofrendo com as sanções econômicas
A Rússia está sofrendo com as sanções econômicas | Foto: Reprodução/Flickr

O embargo às vendas de microprocessadores para a Rússia, uma das sanções impostas pelos Estados Unidos, deve gerar um impacto significativo no mercado de tecnologia do país. Isso porque as empresas russas dependem das vendas desses equipamentos para obter lucro.

Em 2021, o faturamento do mercado de tecnologia e telecomunicações na Rússia chegou a US$ 47 bilhões — metade do valor gerado pelo Brasil, segundo dados da consultoria International Data Corporation (IDC). Esses números constam em um estudo anual do setor, divulgado pela Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes).

O mercado russo tem 65% de seu faturamento proveniente das vendas de equipamentos, 25% de serviços e 10% de software, estimou Rodolfo Fücher, presidente da Abes, em entrevista ao jornal Valor Econômico. Em resumo, os russos perderão uma fatia importante do mercado.

-Publicidade-

Para lidar com o baque, o Kremlin poderia recorrer à China. No entanto, os norte-americanos trabalham para cortar essa possibilidade. Na terça-feira 8, a secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, alertou as fabricantes chinesas para não tentarem desafiar as restrições contra as exportações para a Rússia. “Moscou certamente vai cotejar outros países para acabar com nossas sanções”, disse ela, ao jornal The New York Times.

Leia também: “A Rússia subestimou a unidade ocidental, diz cientista político”, entrevista com Gunther Rudzit publicada em Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.