Uso do Pix já é maior que o de DOC, TED e boleto

Segundo o Banco Central, 45% da população adulta do Brasil já usou o sistema de pagamentos instantâneos em algum momento
-Publicidade-
Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central | Foto: Divulgação/Serpro
Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central | Foto: Divulgação/Serpro

Em abril, a utilização do Pix, sistema de pagamentos instantâneos desenvolvido pelo Banco Central (BC), superou os pagamentos feitos por DOC, TED e boleto bancário somados. Informações compiladas pelo BC mostram que já existem mais de 242 milhões de chaves cadastradas, sendo 83 milhões de usuários pessoas físicas e mais de 5,5 milhões de empresas.

Aproximadamente 75 milhões de brasileiros já usaram o Pix, seja para pagar ou receber, portanto, 45% da população adulta do Brasil já usou o sistema em algum momento. As transações realizadas pelo Pix (1,547 bilhões) já foram responsáveis pela movimentação de mais de R$ 1,109 trilhões. A modalidade de pagamentos instantâneos completou seis meses de operação no último domingo, 16.

Leia mais: “Lançado há seis meses, Pix soma R$ 1 trilhão em transações”

-Publicidade-

Pix Saque e Pix Troco

Está aberta consulta pública que trata do Pix Saque e do Pix Troco. As duas novas funcionalidades estão previstas para serem implementadas no segundo semestre desse ano, e possibilitarão a retirada do dinheiro em espécie com o Pix.

Novidades

Segundo o Banco Central, até o fim do ano o Pix terá outras funcionalidades:

  • Inclusão da conta salário na lista de contas movimentáveis por Pix
  • Pix aproximação: para dar mais facilidade e conveniência na iniciação de um Pix e para atender casos de uso específicos
  • Possibilidade de fazer Pix entre usuários que estejam sem acesso à internet
  • Iniciador de pagamentos no Pix, com desenvolvimentos que seguirão a especificação técnica definida no âmbito do Open Banking
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro