Zona do Euro: produção industrial sobe 2,3% em novembro

Estimativa era uma alta de apenas 0,4% no período
-Publicidade-
Eurostat divulgou novos dados sobre a economia da Zona do Euro
Eurostat divulgou novos dados sobre a economia da Zona do Euro | Foto: Canva

A produção industrial na Zona do Euro registrou um crescimento de 2,3% em novembro do ano passado, na comparação com o mês anterior. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 12, pela Eurostat — agência oficial de estatísticas da União Europeia.

O resultado veio acima do esperado pelos analistas do mercado consultados pelo jornal The Wall Street Journal. A estimativa era uma alta de apenas 0,4% no período.

Entretanto, ainda de acordo com a Eurostat, houve retração na produção industrial do bloco em 1,5% em novembro de 2021, em relação ao mesmo período de 2020. Desta vez, a projeção do mercado era mais otimista: crescimento de 1,4%.

-Publicidade-

Os números da produção industrial na Zona do Euro referentes a outubro do ano passado foram revisados. Na base mensal de comparação, houve recuo de 1,3%. Anualmente, o avanço foi de 0,2%.

Na semana passada, a Eurostat havia divulgado os dados de inflação da Zona do Euro correspondentes a dezembro de 2021. A taxa bateu recorde, chegando 5%, acima da projeção de 4,7% dos analistas.

A inflação em dezembro foi, na base anual, a maior taxa da série histórica, iniciada em 1991. Na comparação mensal, o indicador registrou avanço de 0,4% no mês passado.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.