A água está acabando no Oriente Médio

Crise climática e irrigação descontrolada agravam o problema
-Publicidade-
Foto: Divulgação/Unsplash
Foto: Divulgação/Unsplash | Foto: Divulgação/Unsplash

Países do Oriente Médio como Irã, Iraque e Jordânia estão ficando sem água, segundo Charles Iceland, do World Resources Institute (WRI), declarou à CNN. Em busca de autossuficiência na agricultura, eles estão bombeando enormes quantidades de água do subsolo para irrigar suas plantações. As chuvas não estão conseguindo mais preencher essas reservas subterrâneas.

Leia mais: “Sistema Cantareira entra em estado de alerta

Só o Irã usa 90% da (pouca) água que possui na agricultura. Três pessoas já morreram em protestos contra a seca no sudoeste do país. Como a ditadura dos aiatolás prossegue hostil a boa parte do mundo, precisa de maior produção local de alimentos. E esse fator, aliado às temperaturas crescentes, está ressecando o país.

-Publicidade-

A crise está atingindo duramente a Jordânia. As camadas mais pobres da população vivem com 40 litros de água por dia, para todas as suas necessidades, incluindo banho, lavagem de roupa, etc. O americano médio vive com dez vezes mais do que isso em média. A Jordânia depende cada vez mais da água dessalinizada que importa de Israel.

Leia mais: “Frio: técnica de irrigação evita perdas em frutas e hortaliças

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.