A Torre Eiffel teria sido uma declaração de amor?

Filme francês estreia hoje procurando revelar segredos do engenheiro que mudou a cara de Paris
-Publicidade-
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Gustave Eiffel (1832-1923) sempre foi considerado um engenheiro civil burocrático, apesar de ter criado o monumento que até hoje identifica a cidade de Paris. Um filme que estreia hoje cercado de ansiedade pelos franceses procura mudar essa imagem.

Leia mais:Notre-Dame poderá ser reaberta em 2024

Com o lançamento adiado por causa da pandemia de covid-19, Eiffel criou uma grande expectativa no público francês. Já está sendo chamado de “nosso Titanic”.

-Publicidade-
Gustave Eiffel, em 1888 (Foto: reprodução Wikipedia)

Segundo o jornal The Times, boa parte do longa-metragem é baseado em fatos conhecidos. Como a participação de Gustave Eiffel na construção da Estátua da Liberdade e seu desinteresse inicial em criar o que seria uma estrutura temporária para a Feira Universal de Paris em 1889. O projeto foi considerado na época “inútil, monstruoso” e uma “desonra para Paris”.

Pôster do filme (Foto: divulgação)

O roteiro de Caroline Bongrand toma um caminho de licença poética ao sugerir que a torre de 324 metros tenha o formato de um “A”, em homenagem a um amor impossível por Adrienne Bougèrs. O pai de Adrienne vetou o casamento entre os dois por considerar Gustave Eiffel apenas interessado em sua vasta fortuna. O engenheiro acabou se casando com Marguerite Gaudelet, com quem teve cinco filhos.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.