-Publicidade-

Boris Johnson deve anunciar ‘passaporte de vacinação’ para imunizados irem a shows

Certificado digital servirá para que pessoas que já receberam as duas doses da vacina contra a covid-19 possam comparecer a eventos em ambientes fechados
O premiê britânico, Boris Johnson, estuda medidas de reabertura gradativa do Reino Unido após a consistente queda de casos e mortes por covid-19
O premiê britânico, Boris Johnson, estuda medidas de reabertura gradativa do Reino Unido após a consistente queda de casos e mortes por covid-19 | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deve anunciar nesta semana a criação de um “passaporte de vacinação” — um certificado digital — que servirá para que as pessoas já imunizadas contra a covid-19 possam comparecer a shows, jogos esportivos ou eventos em ambientes fechados. O documento será destinado a todos aqueles que já receberam as duas doses de vacinas contra a doença causada pelo novo coronavírus.

Leia mais: “Reino Unido registra apenas 10 mortes por covid-19 em 24 horas”

Como noticiamos, mais de 31 milhões de britânicos já receberam pelo menos a primeira dose da vacina contra a covid-19. Mais de 5 milhões já foram vacinados com as duas doses. De sexta-feira 2 para sábado 3, o país registrou apenas dez mortes causadas pela doença, o número diário mais baixo desde 14 de setembro do ano passado (data em que morreram nove pessoas).

Leia mais: “Reino Unido volta a bater recorde diário de vacinação contra a covid-19”

“Estamos fazendo tudo o que podemos para permitir a reabertura do nosso país, para que as pessoas possam retornar aos eventos, viagens e outras coisas que amam com a maior segurança possível”, afirmou Johnson neste domingo, 4.

Em princípio, o passaporte de vacinação não seria exigido pelo serviço de transporte público. A medida ainda é controversa, e parlamentares da oposição ao governo conservador querem submeter a ideia a uma votação na Câmara dos Comuns.

Leia também: “50% dos adultos já foram vacinados contra covid-19, diz governo britânico”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.