Com 73% da população vacinada, Holanda endurece restrições contra a covid-19

Bares, restaurantes e o comércio considerado não essencial vão permanecer fechados por três semanas
-Publicidade-
Holanda vai fechar todo o comércio não essencial
Holanda vai fechar todo o comércio não essencial | Foto: MemoryCatcher/Pixabay

A Holanda anunciou o endurecimento das restrições para conter o avanço da covid-19. Por três semanas, a partir de 13 de novembro, bares, restaurantes e o comércio considerado não essencial pelo governo vão permanecer fechados. A população será incentivada a trabalhar em casa e o público não será permitido nos eventos esportivos. Contudo, teatros, cinemas e as escolas continuarão em funcionamento.

Segundo o site Our Word In Data, vinculado à Universidade de Oxford, o país tem 73% de sua população completamente vacinada contra o novo coronavírus — sendo que a marca de 70% foi superada em 9 de setembro. Ainda assim, segundo a contagem feita pela Organização Mundial da Saúde, o número de mortes relacionadas à doença na Holanda nos 11 primeiros dias de novembro (240) já é o maior desde junho (123). A quantidade de mortos no mês vigente, porém, ainda está distante dos picos de óbitos deste ano (2.644, em janeiro) e de toda a pandemia (3.837, em abril de 2020).

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.