Com sanções dos EUA, empresa chinesa de inteligência artificial adia IPO

Segundo a SenseTime, adiamento do IPO dará aos investidores um tempo maior para avaliar o potencial impacto da medida
-Publicidade-
Governo dos Estados Unidos incluiu empresa de inteligência artificial SenseTime, da China, em lista de sanções
Governo dos Estados Unidos incluiu empresa de inteligência artificial SenseTime, da China, em lista de sanções | Foto: Reprodução/Redes sociais

A empresa de inteligência artificial SenseTime, da China, decidiu adiar sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) em Hong Kong depois de ser alvo de sanções do governo dos Estados Unidos. A informação foi divulgada pela companhia nesta segunda-feira, 13.

Com sede em Hong Kong, a SenseTime anunciou que o Departamento do Tesouro do governo norte-americano adicionou o grupo à lista de empresas do complexo militar-industrial chinês alvos das sanções.

Ainda de acordo com a SenseTime, o adiamento do IPO dará aos investidores um tempo maior para avaliar o potencial impacto da medida.

-Publicidade-

Segundo o governo dos EUA, as empresas sancionadas apoiam ações militares da ditadura chinesa. Oficiais apontam o papel da tecnologia de reconhecimento facial da SenseTime na colaboração com a repressão levada a cabo pelo regime de Pequim, principalmente contra minorias muçulmanas, sobretudo da etnia uigur. As sanções impedem que haja investimento norte-americano na empresa.

O conglomerado chinês planejava abrir capital na sexta-feira 17, levantando até US$ 767 milhões em sua oferta inicial. De acordo com a companhia, a conclusão da oferta em Hong Kong deve acontecer “em breve”.

Com informações da Dow Jones Newswires

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.