Covid-19: ‘Pandemia pode acabar em um ano’, avalia CEO da Moderna

Haverá vacina suficiente para todos 'até meados do próximo ano', disse Stephane Bancel
-Publicidade-
Atual CEO da Moderna, Stephane Bancel | Foto: Reprodução/Mídias Sociais
Atual CEO da Moderna, Stephane Bancel | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O CEO da Moderna, Stephane Bancel, afirmou que diante da “expansão da capacidade de produção de vacinas em toda a indústria nos últimos seis meses”, a pandemia do novo coronavírus pode acabar em um ano. “Doses suficientes devem estar disponíveis até meados do próximo ano para que todos neste planeta possam ser vacinados”, disse em entrevista ao jornal suíço Neue Zuercher Zeitung.

Leia mais: “Covid-19: vacina da Moderna é mais eficaz contra hospitalização nos EUA”

Além disso, segundo Bancel, o atual ritmo de produção também deve garantir as doses de reforço na “medida necessária”. Perguntado se isso significa um retorno à normalidade no segundo semestre do próximo ano, ele disse: “A partir de hoje, daqui a um ano, presumo.”

-Publicidade-

“A evolução da doença no Brasil e no mundo”, painel de Oeste sobre a pandemia

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. A palavra de fabricante de vacinas diante do rumo da pandemia não tem nenhum valor.Primeiro era uma vacina com uma de reforço. Agora já temos que fazer rodízio de vacinas. Gente vacinada está pegando covid da mesma forma, antes estaria imunizada e salva. Agora querem vacinar a força como se não tivéssemos escolha. O mundo está ficando estranho, isso nunca acaba bem.

    1. A História vai retratar a nossa geração como a mais imbecil e covarde. Conseguimos elevar a categoria de potencial exterminador da Humanidade, um vírus de quinta categoria, com baixa letalidade e tratamento possível e barato, não admitido por uma parcela de pessoas, sendo classificado como ineficaz. Esses mesmos defendem mascaras de pano, como prevenção de contaminação de VÍRUS. Pela primeira vez na história, boa parte da medicina, não quer tratar e sim vacinar, mesmo sem comprovação de eficácia das vacinas. Criamos e estamos sendo iludidos por um vírus ideológico. Não tem como dar certo, sinto vergonha de estar vivendo esta geração.

      1. Perfeito. A verdade é que isso nunca foi sobre saúde e sim sobre dinheiro, poder e tirania. Quando meu filho, hj uma criança, me perguntar daqui a 20 anos, onde eu estava enquanto tomavam nossas liberdades, ao menos poderei dizê-lo que não debaixo da cama com 3 máscaras com medo de um “inimigo invisível” que tem menos de 1% de chances de nos matar. Só um adjetivo para os que vem fazendo isso: COVARDES.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.