Covid-19: Paris e outras 15 regiões da França voltam ao confinamento

País está preocupado com aumento de casos e possível terceira onda da covid-19
-Publicidade-
Paris volta ao 'lockdown' após aumento de infecções pelo coronavírus
Paris volta ao 'lockdown' após aumento de infecções pelo coronavírus | Foto: Canva

O primeiro-ministro da França, Jean Castex, anunciou nesta quinta-feira, 18, que 16 regiões do país voltarão a um confinamento mais rigído para evitar uma terceira onda de infecções pela covid-19. As medidas entram em vigor na sexta-feira 19 e terão duração de um mês. A região da capital Paris é uma das que terão de fechar.

Leia mais: “Alemanha, Espanha e França fecham acordo para produção de vacina russa”

-Publicidade-

Segundo as novas determinações do governo do presidente Emmanuel Macron, apenas os serviços considerados essenciais terão autorização para abrir as portas. Escolas continuarão abertas, mas poderão receber só 50% dos alunos.

A circulação das pessoas nas ruas está autorizada dentro de um raio de dez quilômetros e mediante apresentação de um certificado às autoridades policiais. Viagens dentro do país estão proibidas, exceto a trabalho. O toque de recolher passa a valer a partir das 19 horas.

“Não são boas notícias e conheço o cansaço de todos, à medida que a crise perdura”, afirmou Castex. “Mas a progressão da epidemia está se acelerando acentuadamente e, diante desse cenário, as medidas que adotamos são justas e equilibradas.”

Leia também: “Lockdown não tem nada a ver com segurança sanitária, diz Guilherme Fiúza”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.