Em novo ataque, Talibã mata chefe do serviço de comunicação do governo afegão

No início da semana, a milícia já havia reivindicado ação terrorista contra o ministro da Defesa do país
-Publicidade-
Cabul, capital do Afeganistão, vive dias de tensão com recrudescimento dos ataques do Talibã
Cabul, capital do Afeganistão, vive dias de tensão com recrudescimento dos ataques do Talibã | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O governo do Afeganistão confirmou nesta sexta-feira, 6, que um novo ataque do Talibã matou o chefe do serviço de comunicação do país, Dawa Khan Menapal. A ação foi reivindicada pela milícia.

O ataque foi perpetrado na capital afegã, Cabul. Menapa comandava o Centro de Mídia e Informação do Governo e foi morto enquanto fazia suas orações nesta sexta-feira, seguindo a Jumu’ah, ritual tradicional do islamismo, informam as agências Reuters e France-Presse.

Leia mais: “Talibã ataca a casa do ministro da Defesa do Afeganistão”

-Publicidade-

No início da semana, o Talibã já havia reivindicado o ataque à residência do ministro da Defesa afegão, o general Bismillah Mohammadi, também em Cabul. Oito pessoas morreram na ação terrorista — o ministro sobreviveu. Dois dias depois, o chefe do distrito de Sayed Abad foi assassinado na capital.

Um porta-voz do Talibã afirmou que Menapal foi morto “em um ataque especial feito pelos mujaheedin [termo usado para se referir às guerrilhas islâmicas] e foi punido por suas ações”. Em nota, o governo afegão lamentou o atentado. “Infelizmente, os brutais e selvagens terroristas cometeram um novo ato covarde e mataram um patriota afegão.”

Leia também: “EUA lançam ataques aéreos para apoiar forças afegãs contra o Talibã”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro