Em resposta ao coronavírus, ministros do G20 defendem comércio justo e livre

Os ministros de Comércio do G20, que englobas as principais economias do mundo, concordaram nesta segunda-feira, 30, em intensificar a cooperação para garantir o fluxo contínuo de suprimentos e equipamentos médicos vitais e outros itens essenciais. A informação foi divulgada pela agência Reuters.
-Publicidade-
Foto: Eugen Visan/Pixabay
Foto: Eugen Visan/Pixabay

Eles disseram que estão se esforçando para garantir o fluxo de suprimentos essenciais ao enfrentamento da covid-19

Foto: Eugen Visan/Pixabay

Os ministros de Comércio do G20, que engloba as principais economias do mundo, concordaram nesta segunda-feira, 30, em intensificar a cooperação para garantir o fluxo contínuo de suprimentos e equipamentos médicos vitais e outros itens essenciais.

-Publicidade-

A informação foi divulgada pela agência Reuters.

Em uma declaração conjunta, os ministros disseram que tomarão “medidas imediatas e necessárias” para facilitar esse comércio e incentivar a produção adicional.

“Agora mais do que nunca é a hora de a comunidade internacional reforçar a cooperação e a coordenação para proteger a vida humana e lançar os fundamentos para uma recuperação forte e sustentável, equilibrada e inclusiva do crescimento após a crise”, afirma o comunicado.

Os ministros disseram que trabalharão para evitar lucros e aumentos injustificados de preços, enquanto tentam garantir a disponibilidade de suprimentos a preços acessíveis.

Ele ainda se mostraram preocupados com o impacto do covid-19 sobre os países mais vulneráveis, “notadamente na África e em pequenas nações insulares”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.