EUA derrubam acusações contra chineses suspeitos de espionagem

Cinco pesquisadores supostamente ligados ao Partido Comunista estavam presos desde 2020
-Publicidade-
Biden, ainda vice-presidente de Obama, encontra-se com Xi Jinping em 2015 | Foto: Divulgação/Departamento de Estado dos EUA
Biden, ainda vice-presidente de Obama, encontra-se com Xi Jinping em 2015 | Foto: Divulgação/Departamento de Estado dos EUA

O governo dos Estados Unidos derrubou investigações contra cinco militares chineses suspeitos de espionagem no país. As investigações que miravam Wang Xin, Juan Tang, Chen Song, Kaikai Zhao e Guan Lei foram anuladas pelo Departamento de Justiça (DOJ, na sigla em inglês). É o que informou o jornal Wall Street Journal, na sexta-feira 23.

No ano passado, a polícia prendeu o grupo por suspeita de espionagem e roubo de propriedade intelectual. Para entrar nos EUA, a equipe conseguira vistos ilegais, com a finalidade de obter cargos em universidades na Califórnia e em Indiana. A justificativa do DOJ foi a de que os detentos cumpriram meses na prisão federal por tempo suficiente.

A Justiça reavaliou as acusações antes de arquivá-las. Analistas do Federal Bureau of Investigation, o FBI, lançaram dúvidas sobre as denúncias nas costas dos chineses. Conforme noticiou Oeste, eles teriam ligações com o Exército Popular da China, subordinado ao Partido Comunista, de modo a coletar informações sigilosas de outras nações.

-Publicidade-

Quando as prisões ocorreram em 2020, os EUA chegaram a ordenar que a China fechasse seu consulado em Houston. Sob o comando do ex-presidente Donald Trump, o Departamento de Estado citara evidências que supostamente mostravam funcionários consulares ajudando pesquisadores visitantes a escapar das forças de segurança dos EUA.

Leia também: “A fraqueza explícita diante dos adversários”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na Edição 55 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

5 comentários Ver comentários

  1. Se fosse o inverso? Os xinglings absolveriam ou sumiriam com os agentes? Quanta hipocrisia e quanta cegueira juntas! O futuro dos USA está ameaçado e o povo está “de boa”…✌✌✌

  2. Pois é…nem de longe Biden se assemelha a Trump! É exatamente o verso da medalha. Sujeito falso e não patriota. Não ama seu país, como muitos por aqui…
    Trump é MAGA!!!!

    1. Vc não está vendo as notícias sobre o Biden? Ele vai ser impedido de ocupar o cargo. Ele ñ fala coisa cm coisa. O Trump tinha avisado sobre a insanidade dele. E qm vai assumir o governo? Kamala Harris…

  3. Semelhante ao que ocorre por aqui! Depois de provado algo, alguém começa a desmanchar o que foi apurado, com alegações lunáticas. Em outras palavras; Só faltou descredenciar a competência do julgador.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.