Fronteira entre Colômbia e Venezuela será reaberta neste mês

Transporte de carga e voos entre os dois países serão retomados
-Publicidade-
Gustavo Petro, presidente da Colômbia: 'Relações fraternas'
Gustavo Petro, presidente da Colômbia: 'Relações fraternas' | Foto: Divulgação/Governo da Colômbia

A fronteira de 2,2 mil quilômetros entre a Colômbia e a Venezuela, fechada desde 2019, deve ser reaberta no próximo dia 26, de acordo com comunicado dos dois países nesta sexta-feira, 9. Desde 2015, a fronteira foi completamente fechada. Em 2021, foi parcialmente reaberta — apenas para pedestres. Muitos venezuelanos vão à Colômbia para comprar itens básicos de alimentação, em falta no país de Nicolás Maduro.

Com a reabertura, o transporte de cargas e o de passageiros serão retomados. Os voos entre os dois países também voltarão a ser operados a partir de 26 de setembro.

“Em 26 de setembro abriremos a fronteira entre a Colômbia e a Venezuela. Como primeiro passo, reiniciaremos as conexões aéreas e o transporte de carga entre nossos dois países. Afirmamos o compromisso do governo de restabelecer relações fraternas”, disse Petro, em seu perfil no Twitter.

-Publicidade-

Em 28 de agosto, os dois países trocaram embaixadores, oficializando a retomada das relações diplomáticas.

As relações entre os dois países foram rompidas em 2019, quando o governo de direita de Ivan Duque reconheceu Juan Guaidó, principal líder da oposição a Maduro, como presidente da Venezuela. Com a posse do esquerdista Gustavo Petro, em agosto, o novo governo colombiano, que tem afinidade ideológica com o ditador venezuelano, começou a reaproximação.

Antes de Petro, a Colômbia também havia acusado Maduro de abrigar terroristas e criminosos colombianos, acusações que o presidente venezuelano negou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.