Inglaterra reabre cinemas, museus e restaurantes em 4 de julho

Governos autônomos de Escócia, Gales e Irlanda do Norte seguem calendários próprios
-Publicidade-
Foto: Andrew Parsons/Nº 10 Downing Street
Foto: Andrew Parsons/Nº 10 Downing Street

Governos autônomos de Escócia, Gales e Irlanda do Norte seguem calendários próprios

Foto: Andrew Parsons/Nº 10 Downing Street

Cinemas, museus e galerias na Inglaterra poderão reabrir a partir de 4 de julho.

-Publicidade-

O anúncio foi feito nesta terça-feira, 23, pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Serão reabertos bares, restaurantes, hotéis e salões de beleza. Os casamentos também poderão voltar a ser realizados.

“Hoje podemos dizer que nossa longa hibernação nacional está chegando a seu fim”, afirmou o líder conservador, diante da Câmara dos Comuns.

LEIA MAIS: Gafanhotos invadem a Argentina e devem chegar ao Brasil

O governo vai impor às salas de cinema, ou de exposições, que adotem medidas de distanciamento físico, como circulação em apenas um sentido, filas espaçadas, aumento da ventilação e reserva de entradas.

No caso de restaurantes e hotéis, será pedido que “coletem informação de contato dos clientes, como já se faz em outros países”, para poder localizá-los no caso de detecção de um surto de covid-19.

Para que o turismo possa ser reativado com a chegada do verão (inverno no Brasil), Johnson anunciou ainda que se reduzirá de dois para um metro a distância entre pessoa.

LEIA MAIS: OMS prega fim da politização da pandemia

Também haverá medidas de segurança sanitária nos salões de beleza, e os casamentos não poderão reunir mais de 30 pessoas.

O Reino Unido está reabrindo gradualmente a economia enquanto o número de mortes e casos da covid-19 está em queda. A nação está entre uma das mais afetadas no mundo pela pandemia.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.