Maior Boeing 737 MAX faz voo inaugural

Avião ainda passará por meses de testes e certificações antes de entrar em operação, em 2023
-Publicidade-
Boeing ainda tenta se recuperar do impacto de dois grandes acidentes aéreos que mataram centenas de pessoas
Boeing ainda tenta se recuperar do impacto de dois grandes acidentes aéreos que mataram centenas de pessoas | Foto: Divulgação

A Boeing se prepara para realizar nesta sexta-feira, 18, o voo inaugural do maior integrante do grupo de aeronaves 737 MAX.

O voo está programado para ocorrer nesta tarde (pelo horário de Brasília), na região de Seattle. O avião ainda passará por meses de testes e certificações antes de entrar em operação, o que está previsto para ocorrer em 2023. A aeronave tem 230 lugares.

A Boeing organizou um evento relativamente discreto, sem alarde, pois ainda tenta se recuperar do forte impacto da crise causada por duas quedas de aeronaves da família 737 MAX. A frota menor deste grupo de aviões ficou paralisada por 20 meses.

-Publicidade-

Com informações da Reuters

Leia mais: “United Airlines encomenda 15 jatos supersônicos de startup de aviação”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site