‘Pensamento de Xi Jinping’ entra para o currículo escolar na China

Nova disciplina ajuda a 'plantar as sementes do amor pelo partido, pelo país e pelo socialismo'
-Publicidade-
O presidente da China, Xi Jinping
O presidente da China, Xi Jinping | Foto: Ding Lin/Xinhua

Em setembro tem início o ano letivo na China. O novo currículo educativo para os alunos do primário traz integrado o “Pensamento de Xi Jinping”. A doutrina que leva o nome do presidente do país foi criada para ajudar a “plantar as sementes do amor pelo partido, pelo país e pelo socialismo”.

Leia também: “China restringe acesso de menores a jogos na internet”

Alguns chineses, sob a exigência de anonimato, fazem críticas e lamentam a “lavagem cerebral de crianças”. Segundo a agência de notícias Euronews, eles acusam o dirigente do país de promover o culto à personalidade com o intuito de se tornar um líder à imagem de Mao Tsé-tung.

-Publicidade-

Em público, no entanto, os comentários são de elogios. Para uma mulher entrevistada na rua pela Euronews, “a nova disciplina irá ajudar os alunos a compreender assuntos de Estado” e “a forma de pensar do líder chinês indica o caminho que o país e a sociedade seguirão no futuro”.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro