Peru: Castillo escapa de pedido de impeachment

Congresso peruano rejeitou abertura do pedido contra o presidente do país, que está no cargo há pouco mais de quatro meses
-Publicidade-
Pedro Castillo virou alvo depois de um escândalo de suposta interferência do governo em promoções militares
Pedro Castillo virou alvo depois de um escândalo de suposta interferência do governo em promoções militares | Foto: Divulgação/Mídias Sociais

O Congresso do Peru rejeitou a proposta de abertura de um processo de impeachment do presidente esquerdista Pedro Castillo. A decisão foi tomada na noite de terça-feira 7.

Foram 76 votos contra, 46 a favor e 4 abstenções. Para que o processo seguisse em frente, ele precisaria de pelo menos 52 votos favoráveis.

Esta foi a quinta moção de julgamento político contra um presidente peruano nos últimos quatro anos.

-Publicidade-

O presidente, que assumiu o poder há pouco mais de quatro meses, virou alvo depois de um escândalo de suposta interferência do governo em promoções militares, o que motivou o pedido de sua destituição.

Por este caso, ele também foi intimado a depor em 14 de dezembro à Promotoria peruana.

A possível saída de Castillo era mencionada desde sua eleição em junho, denunciada por partidos opositores como uma “fraude”, apesar do aval dos observadores da Organização dos Estados Americanos e da União Europeia.

Leia mais: “O Peru no caminho tenebroso”, reportagem de Dagomir Marquezi publicada na Edição 72 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.