Presidente da Argentina ataca Bolsonaro por post sobre o Exército

Alberto Fernández insinuou que o mandatário brasileiro desconhece a Constituição do país sul-americano
-Publicidade-
Fernández desencadeia nova crise com o Brasil
Fernández desencadeia nova crise com o Brasil | Fotomontagem/Internet

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, não gostou do post de Bolsonaro sobre a decisão do peronista de pôr o Exército nas ruas. Na quarta-feira 14, o chefe de esquerda impôs novas medidas restritivas na região de Buenos Aires. Pelo menos 16 milhões de pessoas foram afetadas. “As Forças Armadas estão aí para dar apoio às pessoas em situações catastróficas, a pandemia é uma situação catastrófica”, declarou Fernández, em entrevista à emissora Rádio 10. “Seria necessário explicar a Bolsonaro um pouco como funciona a Constituição. Primeiro, não há toque de recolher na Argentina, as Forças Armadas não fazem a segurança interna”, acrescentou o peronista.

“Presidente da Argentina sugere que o STF mantenha decisão pró-Lula”

-Publicidade-

Conforme noticiou Oeste, os argentinos terão menos tempo para ficar nas ruas. Na capital, o novo decreto do Poder Executivo proíbe a circulação de pessoas das 20h às 06h. Além disso, estão suspensas as aulas presenciais. Os militares, agora, vão auxiliar no cumprimento das medidas sanitárias. Ontem, após Fernández anunciar as regras, milhares de manifestantes protestaram defronte à Quinta de Olivos, residência oficial do presidente da República. O ex-chefe do Executivo Mauricio Macri também se pronunciou nas redes sociais: “A improvisação e a inépcia, no manejo da pandemia, geraram angústia e raiva nos argentinos […] Meu apoio para que a cidade atue fazendo cumprir sua Constituição.”

Leia também: “O alerta do tango argentino”, artigo de Rodrigo Constantino publicado na Edição 53 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. A Argentina, até poucos anos, era a Europa da América do Sul, e caminha a passos largos pra se transformar em uma nova e piorada Venezuela. Espero que o brasileiro de bem, que são maioria, abra os olhos pra tudo o que tem ocorrido em nosso país – STF, Congresso e imprensa militante, e não deixe que isso ocorra por aqui! E que Deus nos ajude! Amém!

    1. A época de ouro durou até Juan Peron chegar ao poder (um tipo de Lula). De lá pra cá se tornou o que vemos hoje! Os peronismo são o canto da sereia dos argentinos! Uma verdadeira maldição!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site