Presidente da Argentina fecha acordo bilionário com a China

Partido Comunista vai investir em ferrovias
-Publicidade-
Comunistas estão de olho no país latino-americano
Comunistas estão de olho no país latino-americano | Fotomontagem/Internet

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou quatro acordos de investimento com a China. Na sexta-feira 11, o Partido Comunista se comprometeu a desembolsar US$ 4,69 bilhões para revitalizar ferrovias do interior do país sul-americano. De acordo com o governo peronista, a medida deve gerar 28 mil empregos. As obras serão executadas pelas estatais China Railway Construction e China Machinery Engineering Corporation.

Um dos contratos prevê “repaginar” a ferrovia Belgrano Cargas, com investimentos de US$ 816,7 milhões. Outro acordo quer desenvolver o chamado trem Norpatagônico. Serão investidos US$ 784 milhões para a recuperação dos trilhos já existentes. Os comunistas também se comprometeram a investir na linha San Martín, da Trenes Argentinos Cargas. No total, a expectativa é que sejam gastos US$ 2,6 bilhões para equipar a ferrovia.

-Publicidade-

Leia também: “O drama dos argentinos que comeram frango estragado”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site