Presidente do Senado assume o governo do Haiti de forma interina

Joseph Lambert passa a ocupar o cargo de presidente do país após assassinato de Jovenel Moïse
-Publicidade-
O ex-presidente do Haiti Jovenel Moïse, quando tomou posse, em 2017
O ex-presidente do Haiti Jovenel Moïse, quando tomou posse, em 2017 | Foto: Divulgação/Flickr

O Senado do Haiti anunciou na sexta-feira 9 que o presidente da Casa, Joseph Lambert, assumirá o governo do país interinamente, após o assassinato do ex-presidente Jovenel Moïse. Até então, o cargo vinha sendo ocupado pelo primeiro-ministro interino do Haiti, Claude Joseph.

O Haiti pediu formalmente ajuda à Organização das Nações Unidas (ONU) e ao governo dos Estados Unidos para que enviem tropas ao país com o objetivo de proteger portos, aeroportos e outros locais estratégicos, segundo informações da agência France-Presse.

Leia mais: “Polícia do Haiti informa ter identificado 28 assassinos do presidente”

-Publicidade-

“Pensamos que os mercenários poderiam destruir alguma infraestrutura para criar caos no país. Durante uma conversa com o secretário de Estado dos Estados Unidos e a ONU, fizemos esta solicitação”, explicou o ministro das Eleições haitiano, Mathias Pierre.

Como Oeste noticiou ontem, 28 pessoas envolvidas no assassinato de Moïse foram identificadas pela polícia do país. Do total, 26 são colombianos e dois haitianos. É o que informou o porta-voz e chefe da corporação, León Charles, na noite da quinta-feira 8. Outros oito estão foragidos. Até aqui, as forças de segurança já prenderam seis pessoas. Quatro criminosos morreram em confronto com agentes, e outros dois acabaram detidos.

Leia também: “Polícia do Haiti mata quatro e prende dois envolvidos no assassinato do presidente”

O crime

Segundo a imprensa local, citando o juiz encarregado do caso, a perícia encontrou o presidente com pelo menos 12 marcas de tiros, na quarta-feira 7. Há relatos de saques. Jomarlie, filha de Moïse, estava em casa durante o ataque, que ocorreu na madrugada, mas conseguiu se esconder em um dos quartos. A primeira-dama, também baleada, sobreviveu e está internada em um hospital de Miami.

Leia também: “Presidente do Haiti é assassinado na residência oficial, diz premiê”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site