Putin sanciona lei que o autoriza a disputar mais dois mandatos

Com a medida, o mandatário russo pode permanecer na presidência do país até 2036
-Publicidade-
Putin é ex-agente da KGB, serviço de espionagem soviético
Putin é ex-agente da KGB, serviço de espionagem soviético | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, sancionou uma lei que abre caminho para que ele possa concorrer a mais dois mandatos depois do fim de sua gestão atual, em 2024. Com isso, o líder russo pode permanecer no cargo mais importante do país até 2036. A mudança na Constituição da Rússia já havia sido aprovada em referendo, no ano passado, e pelo Parlamento, em março deste ano. Putin, de 68 anos, está no poder desde dezembro de 1999, quando foi escolhido como sucessor pelo então presidente Boris Yeltsin, que havia renunciado.

Leia também: “O palácio bilionário de Vladimir Putin”, reportagem da Dagomir Marquezi publicado na Edição 47 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.