-Publicidade-

Rússia reduz pena de opositor de Putin

Alexei Navalny segue preso em Moscou
Alexei Navalny é crítico do governo de Putin
Alexei Navalny é crítico do governo de Putin | Foto: Reprodução/Instagram

Em julgamento realizado neste sábado, 20, a Justiça da Rússia decidiu manter o advogado Alexei Navalny preso, mas diminuiu o tempo que ele deverá permanecer na cadeia. Segundo seu advogado, o ativista ficará detido por cerca de dois anos e meio, informou o site da CNN Brasil. Navalny é reconhecido internacionalmente por se opor ao presidente russo, Vladimir Putin.

Leia mais: “Putin não descarta bloquear serviços estrangeiros de internet”

O parecer do Judiciário russo foi contrário à expectativa por parte do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Nesta semana, a entidade havia cobrado sua “liberdade imediata”. Para tal posicionamento, a instituição europeia alegou temer pela segurança de Navalny. Com o movimento favorável ao advogado, o ministro da Justiça da Rússia, Konstantin Chuychenko, protestou. “Pedido infundado e ilícito”, declarou o aliado de Putin.

Preso desde janeiro, quando voltou para a Rússia depois de se recuperar de uma tentativa de assassinato por envenenamento sofrida na Alemanha, Navalny é acusado de fraude financeira — o que ele nega. Dissidente do governo controlado há mais de uma década por Putin, ele chegou a produzir um documentário no qual denuncia uma obra faraônica em prol do líder russo. “O palácio bilionário de Vladimir Putin”, foi o tema do artigo do colunista Dagomir Marquezi, publicado na edição 47 da Revista Oeste.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês