Talibã proíbe mulheres de frequentar parques de Cabul

Grupo extremista tomou o poder há um ano
-Publicidade-
Sob o regime do Talibã as mulheres foram submetidas a uma série de restrições às suas liberdades
Sob o regime do Talibã as mulheres foram submetidas a uma série de restrições às suas liberdades | Foto: Reprodução/Flickr

O grupo extremista Talibã proibiu as mulheres de visitar todos os parques e frequentar academias em Cabul, a capital do Afeganistão. A decisão exclui as mulheres ainda mais da vida pública no país.

O Ministério da Virtude e do Vício informou na quinta-feira 10 que as leis islâmicas não estavam sendo seguidas nesses locais, por isso, gerentes de parques e academias na capital foram instruídos a não permitir a entrada de mulheres.

Até então, sob as regras do regime, as mulheres podiam visitar os parques três dias por semana e os homens nos quatro restantes. Agora, as mulheres não serão permitidas, mesmo que acompanhadas de parentes do sexo masculino. “A restrição é para todas as mulheres”, disse Mohammed Akif, porta-voz do ministério à BBC.

-Publicidade-

Sob o regime do Talibã, no poder desde agosto de 2021, as mulheres no Afeganistão foram submetidas a uma série de restrições às suas liberdades.

Elas são impedidas de fazer viagens de longa distância sem um acompanhante masculino. As adolescentes não podem frequentar a escola. Embora algumas mulheres ainda trabalhem em setores como saúde e educação, a maioria foi instruída a não trabalhar depois que o Talibã voltou ao poder.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Essa foi a grande contribuição que o governo Biden do partido democrático deu as mulheres do Afeganistão, simplesmente abandonaram o povo a própria sorte, esse é o partido que defende as mulheres e as minorias! Kkkkkk

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.