Ucrânia e Rússia anunciam ‘pausa’ nas negociações

Próxima rodada vai ser retomada amanhã
-Publicidade-
Reunião realizada por videoconferência teve uma 'pausa técnica'
Reunião realizada por videoconferência teve uma 'pausa técnica' | Foto: Reprodução/Redes sociais

O conselheiro presidencial e negociador ucraniano Mykhailo Podoliak disse nesta segunda-feira, 14, que a quarta rodada das negociações com a Rússia foi paralisada até amanhã, em virtude de uma “pausa técnica”.

“Para trabalho adicional em subgrupos e esclarecimento das definições individuais, as conversas continuam”, escreveu Podoliak, no Twitter, que já havia publicado anteriormente uma foto do encontro, realizado virtualmente.

As negociações, classificadas como “difíceis” pelo presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, se concentram em alcançar um cessar-fogo para a retirada de civis e uma solução para o conflito, que está no 19º dia.

-Publicidade-

Segundo Podoliak, há várias propostas na mesa, entre elas, um acordo político e militar. “Refiro-me a um cessar-fogo, uma fórmula para um cessar-fogo e a retirada das tropas”, afirmou o conselheiro.

Negociações malsucedidas

Entre outras reivindicações, o governo da Ucrânia pede a retirada das forças russas do território ucraniano, além de um acordo de cessar-fogo imediato. Os russos, contudo, querem que os ucranianos se rendam, desmilitarizem o país e permitam que uma nova gestão pró-Rússia seja instalada no país, sob a supervisão do presidente Vladimir Putin, além de a Ucrânia se comprometer a nunca entrar na Otan e na União Europeia.

Leia também: “Devagar, malfeito e complicado”, artigo publicado na Edição 102 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.