Como a guerra da Ucrânia pode terminar?

O Wall Street Journal levantou cinco possibilidades para o futuro imediato do conflito
-Publicidade-
Foto: reprodução redes sociais
Foto: reprodução redes sociais

O Wall Street Journal analisou o conflito na Ucrânia e levantou cinco possibilidades para seu encerramento. “É claro que agora a Rússia não está ganhando”, diz a matéria. “E o sucesso para seu plano B, uma ofensiva para empurrar as forças ucranianas para trás no leste e sudoeste do país parece cada vez mais difícil”.

As cinco possibilidades levantadas pelo WSJ:

1 – Colapso da Rússia – as forças russas estão sofrendo com má logística, equipamento ruim e dezenas de milhares de baixas. Segundo analistas militares, o melhor que se pode dizer das tropas de invasão é que elas ainda não se esfacelaram. Segundo o analista Eliot Cohen, do Center for Strategic and International Studies, “num nível básico, Putin já perdeu. Eu pessoalmente acho difícil imagina-lo no poder por um período de tempo muito longo”.

-Publicidade-

2 – Colapso da Ucrânia – não existe um levantamento confiável de quantos soldados ucranianos estão fora de combate. Segundo fontes da Otan no fim de março, 40 mil soldados da Ucrânia foram mortos, feridos ou capturados. Existe a possibilidade de um colapso militar? O analista Lawrence Friedman, do King’s College, discorda: “Eu não penso que um colapso da Ucrânia seja provável. Eles têm a motivação e a energia”.

Foto: Reprodução/Ministério da Defesa da Ucrânia

3 – Atoleiro – A Primeira Guerra Mundial acabou em 1918 numa situação de quase empate, onde ninguém conseguia avançar. Uma possibilidade é que a Rússia convoque reservistas que só estarão prontos para entrar em combate no fim do ano. “Aí teremos uma situação de empate”, disse Eliot Cohen.

4 – Avanços ucranianos – canhões fornecidos pelos países da Otan estão fazendo diferença ao atacar os russo à longa distância sem arriscar as forças da Ucrânia. A combinação de drones e artilharia está fazendo estragos entre os invasores.

Ucrânia
Foto: Reprodução

5 – Escalada – Existe uma preocupação entre os países ocidentais de deixar uma saída honrosa para Vladimir Putin. Se encurralado, ele pode escalar o conflito, com armas químicas ou mesmo um explosivo nuclear tático. Eliot Cohen acha que se essa ordem for dada, Putin vai enfrentar uma desobediência passiva entre seus subordinados. Uma explosão nuclear, mesmo que limitada, pode afetar as próprias tropas russas. E atrairia as forças ocidentais mais profundamente para o conflito.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Os russos estão arrasando os ucranianos, que já se renderam em Mariupol. Os russos estão dominando as áreas produtivas ucranianas. O Zelenski já está agindo no desespero ao aprovar a lei que proibe a saída de pessoas de 18 a 60 anos. Ele vai obrigar a se alistarem pra combater nessa guerra já perdida. O

  2. Pelos comentários acima, penso que a leitura não foi bem observada…
    1. A Analise foi realizada pelo Wall Street Journal – Americano !
    2. Claro que existe uma tendencia.
    3. A Guerra de fato pode acabar, normalmente em acordo…pode ser por colapso das partes ou continuar em uma matança que levará os dois a ruína por muitos e muitos anos…

  3. Se eles acham que a Ucrânia, apoiada pela OTAN, está levando vantagem nesse conflito, então qual é o motivo de tanta análise e preocupações? Deixem então o conflito continuar e talvez, a Ucrânia logre até a cercar Moscou, quem sabe? Deixem eles se matarem por lá e daqui a um ano voltem para verificar o resultado. Simples.

  4. E eu acredito em papai noel… A OESTE tá muito parcial… Quero e sugiro que ousam o outro lado.
    A Rússia tá ganhando …é FATO! Pois continua avançando….e pegando mais território.
    NÃO SE ESQUEÇAM DA CHINA VIU….afinal os EUA querem desgastar a Russia…e a china quer desgastar os EUA.
    kkkkkk Obvio né!?

  5. Esse tal Cohen tem um problema estrutural na cabeça. O ditador russo tem o Leste inteiro ocupado. Tem armas potentes e homens treinados. Esse tal Cohen é um torcedor como o menino delicadinho da Jovem Pan qud fica na Europa e o tal Kawaguti. Tudo torcida.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.