-Publicidade-

Vacina da Pfizer é 94% eficaz, mostra estudo de Israel

Organização assegura que o potencial do imunizante contra a covid-19 se manteve em todas as faixas de idade
A farmacêutica BioNTech, responsável por financiar a vacina da Pfizer, está em negociações com o governo brasileiro
A farmacêutica BioNTech, responsável por financiar a vacina da Pfizer, está em negociações com o governo brasileiro | Foto: Luis Lima Jr./Estadão Conteúdo

A Clalit Health Services (CHS), uma das maiores organizações de saúde de Israel, informou que a vacina experimental contra a covid-19 da Pfizer tem eficácia de 94% no enfrentamento do coronavírus. O resultado foi obtido por meio de um estudo realizado com mais de 1 milhão de pessoas imunizadas. Conforme a CHS, seus cientistas testaram 600 mil pessoas que receberam as duas doses recomendadas da vacina e um número equivalente de indivíduos que não receberam a injeção. “Houve redução de 94% na taxa de infecção sintomática e queda de 92% na taxa de doença grave, em comparação com 600 mil [indivíduos] semelhantes que não foram vacinados”, informou a empresa, em comunicado publicado no domingo 14.

Ainda segundo a organização, o potencial da vacina se manteve em todas as faixas de idade, inclusive aquela de pessoas com mais de 70 anos. “A publicação dos resultados preliminares neste momento tem o objetivo de enfatizar para a população não vacinada que a vacina é muito eficaz”, acrescentou a CHS. Desde dezembro de 2020, Israel vacinou mais de 3,8 milhões de pessoas, 2,4 milhões das quais já receberam a segunda dose do produto. O país, de 9 milhões de habitantes, espera vacinar a população com mais de 16 anos até o fim de março. A farmacêutica BioNTech, responsável por financiar a vacina da Pfizer, está em negociações com o governo brasileiro de modo que o Ministério da Saúde possa comprar as doses do imunizante.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na Edição 39 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês