Adélio Bispo não pode sofrer sanção disciplinar na cadeia, decide tribunal

Ex-militante do Psol foi preso por esfaquear o presidente da República, Jair Bolsonaro, em 6 de setembro de 2018
-Publicidade-
Adélio Bispo de Oliveira tentou assassinar o presidente Jair Bolsonaro
Adélio Bispo de Oliveira tentou assassinar o presidente Jair Bolsonaro | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) decidiu que Adélio Bispo de Oliveira, preso por esfaquear o presidente Jair Bolsonaro em 6 de setembro de 2018, em Juiz de Fora (MG), não pode sofrer sanção disciplinar administrativa enquanto for presidiário. No entanto, tem de ser contido pelos agentes em caso de surto psicótico ou psicomotor. O acórdão foi publicado em 4 de maio e segue entendimento do Ministério Público Federal (MPF).

Adélio Bispo, detento da Penitenciária Federal de Campo Grande, localizada na zona rural de Mato Grosso do Sul, não poderá responder a procedimento administrativo disciplinar de caráter punitivo porque tem transtorno mental delirante persistente, sendo considerado inimputável. A medida vale por prazo indeterminado, ou até não ser verificada a cessação da periculosidade — o que deve ser constatado por meio de perícia médica.

Leia também: “Paulo Betti chama Adélio de ‘desgraçado’ por não ter esfaqueado Bolsonaro ‘corretamente’”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários

  1. Trinunal de bosta dando apóio a esse assassino. Tomará que encham esse puto de remedios pra dopar. Que em breve vai ficar tão demente, que vai comer as próprias fezes. E quando chegar nessa situação vai querer abrir o bico, e falar toda a verdade.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro