Aziz manda carta para Bolsonaro e cobra explicações sobre denúncias de Miranda

'Por favor, presidente, diga para a gente que o deputado Luis Miranda é um mentiroso', afirmou o comandante da CPI da Covid
-Publicidade-
O presidente da CPI, Omar Aziz, cobrou explicações de Jair Bolsonaro sobre o caso Covaxin
O presidente da CPI, Omar Aziz, cobrou explicações de Jair Bolsonaro sobre o caso Covaxin | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), cobrou explicações do presidente Jair Bolsonaro sobre as denúncias feitas pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF) a respeito de irregularidades nas negociações para a compra da vaciana indiana Covaxin.

O comandante da comissão que investiga as ações do governo federal durante a pandemia de covid-19 afirmou que enviará uma carta a Bolsonaro na qual pede esclarecimentos. O documento também será assinado pelo vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Leia mais: “Ricardo Barros rebate acusações do deputado Luís Miranda”

-Publicidade-

“Hoje, eu, o vice-presidente e o relator [Renan Calheiros, do MDB-AL] estamos mandando uma pequena carta para o senhor [Bolsonaro]. Para o senhor dizer se o deputado Luis Miranda está falando a verdade ou está mentindo”, desafiou Aziz.

Leia também: “Dono da Precisa contradiz acusações dos irmãos Miranda”

“É só uma resposta, presidente. Só uma que o Brasil quer ouvir de Vossa Excelência”, continuou o senador. “Tem várias pessoas que torcem pelo seu governo, como eu torço para que o Brasil dê certo. Por favor, presidente, diga para a gente que o deputado Luis Miranda é um mentiroso. Diga à nação brasileira que o deputado Luis Miranda está mentindo, que seu líder na Câmara [deputado Ricardo Barros, do PP-PR] é um homem honesto.”

Relembre o caso

Luis Miranda afirmou que alertou Jair Bolsonaro sobre indícios de irregularidades. Luis Ricardo Fernandes Miranda, servidor da pasta e irmão do parlamentar, também relatou ter sofrido pressão atípica de superiores para acelerar a importação do imunizante.

Leia também: “Deputado afirma que alertou Bolsonaro sobre irregularidades na compra da Covaxin”

Miranda esteve com Bolsonaro pelo menos em duas ocasiões, nos dias 29 e 30 de janeiro deste ano. O encontro do dia 29 foi, inclusive, registrado no perfil do deputado no Instagram. No dia seguinte, o parlamentar acompanhou o presidente em um passeio de moto em Brasília.

O irmão do deputado do DEM chegou a ser exonerado do Ministério da Saúde — o que teria contrariado Miranda. Alguns dias depois, entretanto, foi readmitido pelo governo.

Em depoimento à CPI, Miranda disse ainda que Bolsonaro teria citado o nome do deputado Ricardo Barros como envolvido em um “rolo” no Ministério da Saúde. O parlamentar nega.

Leia também: “As passagens do deputado Luis Miranda pela Justiça”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. Bolsonaro deveria mandar uma carta ao Aziz perguntando sobre a participação de Aziz e Renan na compra dos respiradores no consórcio nordeste, pagos com nosso dinheiro e não entregues. Foram 50 milhões no bolso de quem? Do Flávio Bolsonaro ou do Renanzinho? Nosso presidente é muito fraco. A esquerda fica provocando por intervenção militar, mas deveria ter uma intervenção civil. Só que Bolsonaro não sabe conversar com os setores determinantes. Só o povo ou motoristas não resolve. O “Daniel” já deu o caminho. Ganhar a eleição é detalhe, tem é que tomar o poder e de preferência com as FFAAs apoiando.

  2. O OMAR E SEUS COMPARSAS PENSAM QUE SUAS IMBECILIDADES SÃO ACEITAS POR QUALQUER UM. ESSA DE MANDAR CARTINHA É UMA VELHA TÁTICA PARA QUE O DESTINATÁRIO ENTRE NO SEU JOGO DO TIPO PRATICADO PELOS FARISEUS NA PASSAGEM BÍBLICA SOBRE O PAGAMENTO DE IMPOSTOS. A CESAR O QUE É DE CESAR, A DEUS O QUE É DE DEUS. A CARTA DEVERIA SER ENDEREÇADA AO DEPUTADO RICARDO BARROS NÃO AO PRESIDENTE.

  3. O Aziz sequer deveria ser senador…bandido corrupto…lave a boca com sabão antes de mencionar o Presidente.
    E, pra quem falou …prefiro Presidente que fala o que pensa…se irrita é por assim dizer igual nos do povo…
    Do que um.molusco melifluo corrupto e bandido chefe de quadrilha…

  4. Aziz, meu filho, vem cá. Me mande uma carta falando detalhadamente, objetivamente a quantas anda aquela renca de Processos que pesam sobre a sua carcomida cacunda, especialmente sobre aquela coisa nojenta com menores, a grana desviada da Saúde, uma fichazinha de 200 milhões de reais e qual é a sensação, de por por seus rolos e bandidagens, sua esposa, irmãos, cunhados e aderentes serem presos. Mas quero com detalhes, se não for lhe pedir muito, onde vc enfio a bufunfa que roubou. E pode mandar me prender,, se for o caso.

  5. kkkk este cara é patético,ele esta achando que ele é que é o presidente da republica, para investigar a historinha dos irmãos 171 existe a PF, PGU,etc…. ele e sua familhinha afanaram a saúde do Amazonas e o cara quer dar ai uma de honesto.

  6. Quem fala o que quer, tem que ouvir o que não quer. Isso é para você Bolsonaro. Vamos parar de falar abobrinhas, para não dizer outras coisas, lá no cercadinho para não dar azo a um desclassificado como esse turco safado e corrupto, tanto o é que o passaporte dele ainda está retido pela PF, é o que eu ainda sei.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.