Bolsonaro: ‘A educação está horrível no Brasil’

Falando a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, presidente revelou que pode escolher o novo ministro da Educação ainda nesta quinta-feira, 2
-Publicidade-
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR

Falando a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, presidente revelou que pode escolher o novo ministro da Educação ainda nesta quinta-feira, 2

jair bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro | Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 2, que a educação no Brasil “está horrível”. Segundo ele, o nome do novo ministro que vai comandar o MEC pode ser conhecido nas próximas horas.

-Publicidade-

“Talvez escolha hoje o ministro da Educação. Deu problema com o Decotelli”, afirmou o presidente a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Carlos Alberto Decotelli pediu demissão do Ministério da Educação na última terça-feira, 30, depois de ficar apenas cinco dias à frente da pasta.

Ele resolveu deixar o MEC após ser revelada uma série de inconsistências no currículo dele.

Leia mais: “Decotelli atribui sua demissão ao ‘racismo’”

Decotelli foi o terceiro ministro da pasta no governo Bolsonaro e substituiu Abraham Weintraub, que está nos Estados Unidos e deve ser diretor-executivo do Banco Mundial.

Leia também: “Um ministério sem educação”

Um dos nomes mais cotados para assumir o ministério é o atual reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Correa.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.