Bolsonaro diz não ter ‘superpoder’ para resolver todos os problemas

'O pessoal procura o presidente achando que tem superpoder. Não tenho', afirmou o mandário
-Publicidade-
Presidente Jair Bolsonaro com apoiadores | Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro com apoiadores | Foto: Marcos Corrêa/PR

Nesta quinta-feira, 17, o presidente Jair Bolsonaro voltou a reclamar do grande número de demandas que recebe de apoiadores na saída do Palácio da Alvorada e, mais uma vez, reforçou limitações da cadeira do Executivo.

“O pessoal procura o presidente achando que tem superpoder. Não tenho”, rebateu. “Não tenho como resolver o problema de todo mundo aqui”, afirmou.

Leia mais: “Tereza Cristina: ‘Brasil e EUA trabalharão juntos para produzir mais alimentos'”

-Publicidade-

Em meio a pedidos para solução do problema de um apoiador relacionado a decisões judiciais, em que ele se dizia injustiçado, Bolsonaro disse que se a demanda é da Justiça, não passa por ele. “Eu passo por cima da Justiça? Então não é comigo”, retrucou.

Táxi

Ontem, o presidente foi questionado por um taxista sobre uma portaria do Inmetro, que exigia a instalação de um cabo nos táxis, Bolsonaro pediu que o apoiador falasse com educação para que ele pudesse avaliar uma solução para o tema.

“Eu não sei de tudo o que acontece nesse governo, são 23 ministérios”, afirmou. “Eu vou resolver esse assunto, mas não dessa forma como você está falando comigo. Aqui não é lugar para resolver certos problemas. Se tiver educação, eu resolvo qualquer problema”, disse.

O presidente então ligou para o coronel Marcos Heleno Guerson Júnior, presidente do Inmetro, e perguntou sobre a exigência da instalação deste cabo. O presidente colocou a ligação no viva-voz e Guerson afirmou que a portaria sobre a troca do equipamento estava suspensa. A atitude foi comemorada pela base de apoiadores presente.

Com informações do Estadão Conteúdo

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. REALMENTE, ELE NÃO TEM SUPERPODERES PARA RESOLVER TUDO E JAMAIS DISSE
    QUE OS TINHA. OS PODERES DELE ESTÃO LIMITADOS ÀS QUATRO LINHAS DA
    CONSTITUIÇÃO FEDERAL, E ELE SEMPRE DEIXOU ISSO BEM CLARO, SÓ NÃO ENXERGA QUEM NÃO QUER. AS PESSOAS QUE FORAM ÀS RUAS EM 07 DE SETEMBRO SABEM PERFEITAMENTE DISSO, E O APOIAM ENQUANTO ELE AGIR DENTRO DESSES LIMITES. AS PESSOAS QUE FORAM ÀS RUAS TAMBÉM SABEM QUEM SÃO AQUELES QUE NÃO RESPEITAM A CARTA MAGNA, BEM COMO QUEM SÃO OS ABUTRES QUE PREGAM SOLUÇÕES VIOLENTAS PARA TIRAR PROVEITO DISSO!

  2. Amigos comentaristas que cobram Bolsonaro, alguém tem saudades de FHC/LULA/DILMA, seus ministros e economistas? Vamos apoiar quem cede para pacificar.

  3. Se não está com essa bola toda, então porque provocou toda aquela lambança, levando algumas, ou muitas, pessoas ao delírio naquele 7/9/21 e depois jogou um balde de gelo na turma mais excitada que já estava com a temperatura na faixa vermelha, no dia seguinte com aquela infeliz carta escrita a duas mãos com o Mike Temer!!! ( Vejam só, com o TEMER). Se o Bolsonaro é imbroxável a turma que o apoia não é!

    1. To achando que vc tem razão. Do jeito que as coisas estão indo, daqui a pouco ele não vai mandar mais em NADA. Só ele recuou, cadê o recuo dos outros, pelo contrário estão avançando mais e mais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.