Bolsonaro e comitiva comem pizza na rua em Nova York

Desde o dia 16 de agosto, permanência em ambientes fechados na cidade só é permitida com comprovante de vacinação
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro come pizza do lado de fora de restaurante em Nova York
O presidente Jair Bolsonaro come pizza do lado de fora de restaurante em Nova York | Foto: Reprodução/Instagram

Já em Nova York, onde deve fazer o discurso de abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) na terça-feira 21, o presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva comeram pizza na calçada, do lado de fora do restaurante. A cidade norte-americana passou a exigir, desde o dia 16 de agosto, comprovantes de vacinação para que as pessoas possam frequentar ambientes fechados — como restaurantes, bares, cinemas e academias.

Bolsonaro optou por comer pizza em um local próximo ao hotel em que está hospedado em Nova York. Naquela pizzaria, não há espaço interno para refeições — os clientes pedem no balcão e retiram a pizza para viagem.

Nas redes sociais, o ministro do Turismo, Gilson Machado, publicou a foto de Bolsonaro e dos demais integrantes da comitiva brasileira comendo pizza na rua. Na imagem, além de Bolsonaro e Machado, aparecem o presidente da Caixa, Pedro Guimarães; o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos; e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, entre outros.

-Publicidade-

Leia mais: “Bolsonaro promete levar ‘o Brasil real’ para a Assembleia da ONU”

Nova York foi a primeira grande cidade dos Estados Unidos a exigir a apresentação do chamado “passe sanitário” para os cidadãos frequentarem ambientes fechados. Além disso, a prefeitura também decidiu pagar US$ 100 para quem quiser se vacinar contra a covid-19.

Leia também: “Geniais no fracasso”, artigo de Theodore Dalrymple publicado na Edição 78 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Como não pode frequentar locais fechados porque não usa máscara nem foi vacinado, Bolsonaro e sua comitiva almoçam isolados em um puxadinho ao ar livre especialmente montado para eles em uma churrascaria que serve carnes do Brasil. Vergonhoso o bisonho…

  2. Curioso. Não admitir a antítese. Isso é eliminar o contraditório, é acabar com o diálogo. Bem caracerístico dos que acreditam na terra plana, que Olavo é filósofo e negam a ciência.

  3. Achei que tava lendo no UOL, Globo.. Pqp… sinal de alerta ligado. Outra dessa e xau assinatura. Nao to contribuindo pra ter jornalismo desse naipe.

  4. Por um momento pelo titulo da matéria, achei que tivesse lendo o G1. Temos um agente de esquerda disfarçado na Oeste ou é só impressão minha? Vi alguns jornais bons caírem com essa mesma linha editorial.

  5. Já passou e muito da hora das pessoas se darem conta que essa questão de máscara, de fica em casa e de vacina é pessoal. Deve cada um avaliar se o risco de receber uma vacina (qualquer uma dessas de covidson) é maior ou menor que estar exposto ao risco de pegar a doença. Parem de pensar nessas besteiras de que a vacina mascara e etc é pelo Outro. O outro está em risco, então o outro que tome as medidas que ele entender necessárias para se proteger. Já ferraram com o cérebro das pessoas com essas patrulhas de pessoas Do Bem controlando os que querem viver e assumir os riscos dessa doença que mais de 98% dos que pegam sobrevivem. Esses mais de 98% tem mais defesa que os vacinados, e estão sendo convencidos/obrigados a se vacinar. Enquanto isso os hospitais cheios de vacinados se dando conta de que foram enganados. E os políticos querendo criar barreiras utópicas ao vírus com a insanidade das exigências de vacinação para transitar livremente. Os vacinados transmitindo podem ir de lá pra cá, e os que superaram o covidson estão carregados de anticorpos, mas não tem seus Direitos Naturais garantidos. Mundo doido esse!

  6. E qual é o problema de se comer na rua? Alguma coisa contra isso, bando de imbecis?
    Sou até capaz de dizer que essa comida de rua é até mais saborosa. Se estivesse comendo lagosta em algum restaurante caríssimo e tomando vinhos premiados, tudo com o dinheiro do contribuinte, estariam falando merda do mesmo jeito.

  7. Estão pagando p povo se vacinar, desconfiem. Os grandes laboratórios farmacêuticos estão lucrando trilhões de dólares e muitos governantes também estão “lucrando” com isso.

    1. Concordo com o Paulo, espero que não usem esse tipo de chamado de matéria. Bolsonaro não vai se vacinar porque é desnecessário. ELE avaliou que prefere estar com suas defesas altas (ele monitora) e exposto ao covidson, que ao se expor a vacinas experimentais que podem dar ruim, como tem dado. Parem de dar enfase a um assunto tão imbecil, por favor. O exemplo dele deve ser seguido, de avaliar o risco e assumir livremente, como ele faz.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.