Bolsonaro ouviu infectologistas antes de atritos com Mandetta

Presidente tem se incomodado com a postura adotada pelo atual ministro da Saúde
-Publicidade-
Mandetta é considerado carta fora do governo | Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República
Mandetta é considerado carta fora do governo | Foto: Isac Nóbrega/Presidência da República

Presidente tem se incomodado com a postura adotada pelo ministro da Saúde

Mandetta anda incomodado com fogo amigo de ex-ministro | Foto: ISAC NÓBREGA/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
-Publicidade-

Antes de se desentender com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o presidente Jair Bolsonaro foi aconselhado por infectologistas e também pelo deputado federal Osmar Terra, ex-ministro da Cidadania.

Em razão de ter ouvido outros profissionais da saúde, Bolsonaro tem se incomodado com a postura adotada por seu ministro da Saúde. “Será que o Mandetta está sempre certo?”, questionou o presidente a um interlocutor.

A grande queixa do Planalto é que Mandetta não tem apoiado, publicamente, o uso da cloroquina em pacientes com a covid-19. Por outro lado, o ministro da Saúde argumenta que ainda faltam testes conclusivos sobre a eficácia da droga.

Médicos ouvidos pelo presidente da República, contudo, discordam desse posicionamento.

(colaborou Wilson Lima)

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

  1. Pq o Governo não começa a mostrar massivamente os gráficos, estudos, números, cientistas em que está se baseando? Hj só se divulga um lado só, contrapor seria de suma importância. Uma reunião com Mandetta e um conselho de infectologistas, cientistas e demais profissionais de saúde num debate mostrando pros e contras de cada lado, transparência é tudo neste momento, queremos saber a gravidade, as consequências e o que deve ser feito sem arrodeio, uma coisa é se o Presidente contrapor ao Min. da Saúde em que está de acordo com o que a mídia diz, outra coisa é mostrar a contraposição de forma científica, no mínimo o benefício da dúvida existirá coisa que hj não existe pois a mídia massivamente só informa e aceita o lado deles.

      1. Paolo Zanotto afirma categoricamente que a cloroquina é a solução para a pandemia causada pelo vírus chinês.

  2. Em um país como o nosso destruido pelos 20 anos de governos de esquerda, está opção do Mandetta serve também para a criminalidade, a dengue, o sarampo e outras mazelas desta nação. A grande imprensa Nunca ma

  3. Paolo Zanotto: De todos os pacientes entubados, 50% morrem se tiverem alguma comorbidade. Os que sobram podem ficar com 50% de comprometimento pulmonar e sair de lá com menos de 20% de capacidade respiratória. Hoje (quinta-feira), eu alertei o Wanderson de Oliveira (secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde) sobre isso e afirmei claramente: “O ministro Mandetta está errado”. Passei para ele o protocolo, os dados, todas as informações, a timeline da doença, mostrando que qualquer tratamento medicamentoso depois do 4º dia tem pequenas chances de sucesso. Mas não tive resposta — e acho que não vou ter. Volto a dizer: o protocolo de uso da cloroquina na fase inicial da doença vem salvando vidas, mas está sendo desprezado e criticado pela imprensa, pelos governos e até por gente da área científica. A doutrina do “quanto pior, melhor” está no interesse de alguns grupos por aí. Trecho de entrevista feita com Paolo Zanotto.
    O Presidente da República certamente tomou conhecimento da íntegra da entrevista. Mandetta deve e precisa ser confrontado com as argumentações de Zanotto. Não pode o ministro permanecer irredutível, sob pena de pane no sistema de saúde.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site