Bolsonaro convoca apoiadores para atos de 1º de maio

Presidente pediu reforço de simpatizantes para as manifestações deste domingo a favor da liberdade de expressão
-Publicidade-
Bolsonaro discursa para público de feira agropecuária em Uberaba (MG)
Bolsonaro discursa para público de feira agropecuária em Uberaba (MG) | Foto: Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro (PL) convocou apoiadores a participarem dos atos de 1º de maio, neste domingo, a favor da liberdade de expressão. O político esteve neste sábado, 30, em Uberaba (MG) para prestigiar a abertura da ExpoZebu, um dos maiores eventos do agronegócio no país.

Bolsonaro evitou mencionar o Supremo Tribunal Federal (STF) e o atual clima de desconforto entre os poderes, mas pediu para os simpatizantes presentes reforçarem os atos deste domingo. As reuniões de apoiadores neste 1º de maio, feriado do Dia do Trabalho, têm como pauta a liberdade de expressão e o apoio ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ), que recentemente recebeu indulto presidencial, depois de condenação da Corte.

“(Aqueles) que, porventura, irão às ruas amanhã, não para protestar, mas para dizer que o Brasil está no caminho certo. Que o Brasil quer que todos joguem dentro das quatro linhas da Constituição. E dizer que não abrimos mão da nossa liberdade”, afirmou o presidente em Uberaba.

-Publicidade-

“Amanhã não será dia de protestos. Será dia de união do nosso povo para um futuro cada vez melhor pra todos nós.”

Os atos de rua deste domingo vão acontecer em todas as regiões do país, mas as concentrações mais significativas devem ocorrer em Brasília e em São Paulo. Na capital, a expectativa é de manifestações na frente do Congresso, ainda sem a confirmação da presença do presidente. Já na maior cidade do país, o evento está marcado para a Avenida Paulista, no começo da tarde.

Carreata

Depois de desembarcar em Uberaba neste sábado, Bolsonaro participou de uma carreata de mais de duas horas. Em seguida, falou a um grupo de apoiadores no Parque de Exposições Fernando Costa.

Bolsonaro agradou o público ao dizer que era ‘renascido em Minas Gerais’, em menção ao episódio da facada em Juiz de Fora, durante a campanha eleitoral de 2018.

O presidente também destacou a importância do Estado nas eleições presidenciais, afirmando que “na política, para ser presidente tem de ganhar em Minas”. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2018 os mineiros tinham o segundo maior colégio eleitoral do país, com mais de 15 milhões de votantes.

Romeu Zema (Novo), governador de Minas Gerais, e Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos deputados, também estiveram presentes na abertura da festa agropecuária.

Em sua 87ª edição, a ExpoZebu é considerada a maior feira de pecuária zebuína do mundo. Em 2022, o evento volta a ser presencial depois de dois anos, com expectativa de movimentar mais de R$ 300 milhões em negócios.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.