-Publicidade-

Câmara aprova ajuda ao setor de eventos

Além de outras medidas, proposta prevê o parcelamento de débitos de empresas
Plenário da Câmara dos Deputados
Plenário da Câmara dos Deputados | Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 3, um projeto que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). A proposta prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor com a Receita Federal, além de outras medidas para compensar a perda de receita em razão da pandemia.

O texto permite a adesão de empresas de hotelaria em geral, cinemas, casas de eventos, feiras de negócios, festivais, simpósios, prestadores de serviços turísticos, parques de diversão, entre outros.

Leia mais: “Brasil pode virar Argentina em seis meses, alerta Guedes”

“Pela primeira vez, o setor de entretenimento não foi tratado como invisível e teve o respeito da Câmara”, disse um dos autores da proposta, deputado Felipe Carreras (PSB-PE).

O projeto já havia sido aprovado na terça-feira 2, mas a votação foi refeita porque o texto da relatora demorou a estar disponível no sistema. A matéria segue para o Senado Federal.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.