Câmara Municipal de São Paulo aprova criação da CPI da Prevent Senior

Requerimento foi apresentado pelo vereador Antonio Donato, do PT, e contou com apoio de legendas como PSDB e Psol
-Publicidade-
Prevent Senior é alvo da CPI da Covid e, agora, de uma comissão parlamentar criada na Câmara Municipal de São Paulo
Prevent Senior é alvo da CPI da Covid e, agora, de uma comissão parlamentar criada na Câmara Municipal de São Paulo | Foto: Renato S. Cerqueira/Estadão Conteúdo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta quinta-feira, 30, a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a conduta da Prevent Senior durante a pandemia de covid-19.

O requerimento foi apresentado pelo vereador Antonio Donato (PT) e contou com o apoio de bancadas da situação e da oposição. Além de Donato, devem participar da comissão os vereadores Paulo Frange (PTB) e Milton Ferreira (Podemos), que são médicos. As outras duas vagas na CPI serão preenchidas pelo PSDB e pelo Psol.

Leia mais: “Justiça de SP condena Prevent Senior a pagar quase R$ 2 mi a família de paciente”

-Publicidade-

A instalação da comissão deve ocorrer na quarta-feira da próxima semana, dia 6 de outubro. Ainda não há um relator definido. O tempo de duração da CPI é de 120 dias.

No documento no qual justifica a CPI, o vereador petista alega que a Prevent Senior vem sendo investigada pela CPI da Covid no Senado e tem sua sede administrativa e grande parte de seus hospitais localizados na cidade de São Paulo.

Leia também: “Aliados de Doria se unem ao PT por CPI da Prevent Senior na Alesp”

“A CPI do Senado abriu a tampa, mas ela é bem mais ampla e os senadores não terão tempo de se debruçar mais no caso. Aqui na Câmara Municipal, nós vamos partir de onde a CPI da Covid parou. A ideia é aprofundar, pois a Prevent Senior é basicamente paulistana, e a maioria das vítimas também são de São Paulo”, afirmou Donato ao jornal O Globo.

Na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), também foi protocolado um pedido de instalação de uma CPI para investigar a empresa. O autor do requerimento é o deputado estadual petista Paulo Fiorilo, que já coletou 40 assinaturas — oito a mais do que o mínimo necessário.

Leia também: “MP-SP amplia força-tarefa para investigar a Prevent Senior”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.