-Publicidade-

Caso Daniel Silveira atrasou pauta em duas semana, afirma Lira

Presidente da Câmara disse, no entanto, que, mesmo com as "adversidades", as pautas de reformas destravaram no Congresso
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira | Foto: Reprodução/TV Conjur

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) disse que o caso do deputado Daniel Silveira, que foi preso após publicar vídeo com ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal, atrasou a pauta da Casa em duas semanas. O parlamentar agora está em prisão domiciliar.

Em live do portal Conjur nesta quinta-feira, 18, ele afirmou, no entanto, que mesmo com as “adversidades” da pandemia e do “evento desastroso” do parlamentar, em menos de um mês após a troca no comando do Congresso Nacional, as pautas de reformas destravaram.

Leia mais: “Gilmar ironiza: me perguntaram se maioria do STF é da Rede”

Arthur Lira disse que a discussão da Reforma Administrativa deve avançar na Comissão de Constituição e Justiça na próxima semana e, nos próximos dias, o relatório da Reforma Tributária deve ser lido na comissão mista que analisa o tema.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.