Com aproximação dos atos de 7 de Setembro, governadores querem reunião entre os Poderes

Grupo sustenta que quer 'diminuir a tensão'
-Publicidade-
Reunião entre representantes dos três Poderes, em março deste ano
Reunião entre representantes dos três Poderes, em março deste ano | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Fórum Nacional de Governadores quer um encontro com os presidentes Jair Bolsonaro (Executivo), Arthur Lira (Câmara), Rodrigo Pacheco (Senado) e Luiz Fux (STF). O pedido foi formalizado na segunda-feira 23 pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB). No texto, ele afirma que pretende fazer um encontro entre as autoridades, com a finalidade de “identificar e pautar pontos convergentes e estratégias visando salvaguardar a paz social, a democracia e o bem-estar socioeconômico da população brasileira”.

O grupo de representantes estaduais garante que o documento é uma tentativa de “diminuir a tensão entre os Poderes”. Conforme noticiou a Revista Oeste, Bolsonaro enviou ao Senado o pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes. O juiz do STF comanda inquéritos considerados inconstitucionais por juristas. Nesses procedimentos, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso, bem como o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, e o jornalista Oswaldo Eustáquio.

A papelada assinada pelos governadores chegou ao Palácio do Planalto em meio às organizações de movimentos democráticos para o Dia da Independência. Brasileiros prometem ir às ruas contra os ataques do STF e pela liberdade.

-Publicidade-

Leia também: “Supremo Talibã Federal”, artigo de J.R. Guzzo publicado na Edição 74 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários

  1. Esse pessoal não quer DIMINUIR TENSÃO… Querem sim abafar as vozes daqueles que se levantam contra a tirania de um Judiciário aparelhado pela esquerda. Ah sim, aparelhado pela esquerda e cumpliciado por um congresso subserviente…

    1. Eles estão é cagando de medo porque sabem que as PMs de seus respectivos estados estão com o presidente e se a corda arrebentar de vez…

  2. A chapa esquentou, eles não tem apoio popular, até as Policias Militares já avisaram que se tiverem que escolher ficarão com o Presidente. Agora fragilizados querem conversa, montem mais uma CPI, continuem conspirando contra o Presidente seus cagados, vão se aconselhar com o conspirador mor, o caquético, vagabundo e salafrário FHC, ou o maior LADRÃO do planeta, o larápio de dinheiro e do futuro dos nossos filhos e netos.

  3. Agora querem reunião, para agir contra o Presidente ,e à nação se reúnem, na surdina, em restaurantes, e casa de políticos sujos, nunca com o presidente.

  4. No auge da pandemia, Bolsonaro convocou os três poderes para montarem um grupo, para juntos combaterem a doença, alguém aceitou? Não lembro de nenhum governador apoiando essa idéia, agora é tarde, no dia 7 de setembro é a nossa nova independência e a cobra vai fumar.

  5. Por que os governadores formaram essa frente? Afinal partiu deles, então chega ser lógico que queiram conversar. Só não concordo que queiram rebaixar o trabalho do presidente que é pessoa pública integra, muito diferente dos que representaram o PT.

  6. Esses governadores deveriam era trazer a prestação de contas do dinheiro que receberam para o combate à pandemia. Porque que não querem que os governadores sejam convocados a depor na tal CPI, composta por parlamentares de “Primeiro Quilate”?

  7. =>”No texto, ele afirma que pretende fazer um encontro entre as autoridades, com a finalidade de “identificar e pautar pontos convergentes e estratégias visando salvaguardar a paz social, a democracia e o bem-estar socioeconômico da população brasileira”.”<=.
    Loucura, mais uma vez em nome da hipocrisia e da desfaçatez, se fazem de vítimas de um Presidente que vem sendo vilipendiado desde a posse, fazem esse jogo de cena para um povo que tentam escravizar, subjugar, iludir?
    Mais um ato de sabotagem para acrescer aos inúmeros já realizados até aqui!
    Ouvir corruptos, negociar com bandidos, é impossível, sempre tentarão levar alguma vantagem indevida!

  8. Lembrar que quem deu chilique e cancelou agressivamente uma reunião entre chefes de poderes, não foi Bolsonaro. Quem rompeu a harmonia prevista constitucionalmente, não foi Bolsonaro.

    Chega de apanhar e aceitar todo tipo de arbitrariedade em nome de uma harmonia que não existe desde sua posse, quando, acintosamente, lhe foi entregue “o único exemplar da Constituição” existente na praça dos três poderes.

    Bolsonaro está em ampla vantagem estratégica, pelo histórico apoio popular e de instituições importantes e respeitadas. Pode impor seus termos para retorno à harmonia.

    Minha sugestão ao Presidente é não se submeter a intimidação ou linchamento. Se quiser conversar com os governadores, que o faça em pequenos grupos heterogêneos. Que abra sua agenda para RECEBER os outros chefes de poderes que desejem conversar.

    Uma outra sugestão: convide os chefes de poderes para uma reunião exatamente no dia 7 de Setembro, para que todos possam celebrar, junto com o povo, a Independência do Brasil. Vamos ver quem comparecerá.

  9. Bolsonaro pedir o afastamento de um ministro do supremo não deveria ser uma crise entre poderes, porque um ministro não se equipara, em poder, ao Presidente da República. A instituição é o colegiado, a Corte, representada pelo seu presidente, e não um ministro individualmente, que é apenas um servidor público nomeado por indicação de um Presidente da República. Todo o poder emana do povo, e o povo está fechado até o fim com o Presidente que elegeu, que tem sido o verdadeiro guardião da Constituição e da democracia.

  10. Querem um filminho pra palanque, é disso que se trata. Se os ilustres governadores querem diminuir a crise, eles devem procurar o STF, que transformou o país na casa da mãe joana. É de lá que saiu essa crise aguda sem precedentes. Vão lá, engravatados bonzinhos. Falem para os deuses magnânimos parar de interferir no executivo e no legislativo impedindo urnas auditaveis como quer o povo. Peçam para os delegados supremos pararem de prender, intimidar, fechar redes sociais pra calar opiniões diferentes, impedir pessoas de receber pelos seus trabalhos por expressar o que pensam dos ditadores. Está no STF, senhores, o grave problema do Brasil. É pra lá que as EXCIAS devem se dirigir.
    Um recadinho ao Dória e sua “turminha do bem”: faz de conta que vocês enganam, e faz de conta que acreditamos em vocês. Otários!

  11. Acho Impossivel pois o discurso deles é a narrativa de que é o PR quem esta actacando o Sinédrio, os governadores de esquerda liderados por este patife do calcinha, que se amotina e é outro que não respeita a constituiçao e nosso presidente eleito democraticamente não abordam os abusos e atropelos a nossa CF feitos por quem deveria proteje-la, eles simplesmente ignoraram que os caras incluiram o PR em um inquerito totalmente anticonstutucional das fake news e que já havia sido investigado pela PF e sido encerrado pelo MP pois não havia provas, prenderam e torturaram um jornalista sem ele saber qual acusaçao, sem seu advogados terem acesso ao processo, sem poder se quer se defender, sem julgamento e o mesmo esta em uma cadeira de rodas, sendo que eles mesmos né mudaram o entendimento de prisão em segunda instancia , Daniel Silveira que tem foro privilegiado, sou contra mas ele tem, pagou fiança e não é solto, ai vem aquela comunista da Miriam hoje no jornal da Lixo e esconde isto tudo, nem vou falar da prisão do Roberto Jefferson nem da outra Blogueira lá, acham que somos idiotas, querem calar na marra a direita, eu não assisto mais aquela porcaria de emissora mas é só colocar e o assunto é ataques a BOLSONARO e tudo na narrativa e na visão deles.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro