Dallagnol: ‘Não há nada pior do que o PT e Lula voltarem para cena do crime’

O ex-membro do MPF vive uma 'guerra' com petistas por causa da operação que prendeu integrantes do partido por corrupção
-Publicidade-
Entre Bolsonaro e Lula, Dallagnol acena para atual presidente| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Entre Bolsonaro e Lula, Dallagnol acena para atual presidente| Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ao responder perguntas de seguidores nas redes sociais, o ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol (Podemos), pré-candidato a deputado federal pelo Paraná, afirmou que não há nada pior para o Brasil do que o PT retornar ao poder.

Dallagnol foi questionado no Instagram sobre quem apoiaria em uma eventual disputa entre Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno da eleição presidencial.

“Por mais que eu não goste de muitas atitudes do atual governo, simplesmente não há nada pior ou mais ameaçador para o futuro do Brasil do que o PT e Lula voltarem para a cena do crime”, disse o ex-coordenador da Lava Jato.

-Publicidade-

O ex-membro do Ministério Público Federal vive uma “guerra” com petistas por causa da operação que prendeu diversos integrantes do partido e empreiteiros por corrupção. Hoje, o Tribunal de Contas da União (TCU), por meio do ministro Bruno Dantas, apura um suposto uso indevido de verbas e diárias de integrantes da Lava Jato para as ações realizadas nas últimos anos. Para Dallagnol, a investigação é uma forma de vingança. Essa investigação pode deixá-lo inelegível.

Em março deste ano, Dallagnol foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça a pagar cerca e R$ 100 mil ao ex-presidente Lula por causa da apresentação de PowerPoint feita durante investigações da Lava Jato que colocavam o petista como chefe de organização criminosa. De acordo com a Corte, Dallagnol atacou a honra do petista. Em poucos dias, o ex-procurador recebeu cerca de R$ 500 mil de apoiadores para realizar o pagamento ao petista.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. Isso! Finalmente alguém da lava-jato se manifestou. Penso que Bolsonaro ajudou na destruição da operação. Porém, o outro lado é um milhão de vezes pior do que está no poder atualmente. Uma pena que SÉRGIO MORO não veja isso.

  2. Dallagnol recebia auxílio miradia mesmo tendo imóvel…imoral?
    ://www.google.com/amp/s/www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2018/02/06/interna_politica,658070/amp.shtml

    1. Richard, o pior cego é o que não quer ver. Você é imbecil ou você também tem esperanças do Lula voltar ao poder e mamar nas tetas do governo de novo? Só ladrão para defender ladrão.

  3. É um fdp mesmo, agora está com o cú na mão com medo do ladrão de São Bernardo voltar a cena do crime, mas na hora de fazer um levante para se descolar do “bozo” e tentar emplacar o Moro e toda cúpula da lava jato ao poder central não pensou no que poderia dar errado!

    1. Não há o que temer.

      Vamos reeleger o Mito em primeiro turno, e dar a ele maioria nas duas casas do congresso.

      Assim ele poderá vender todas essas estatais inúteis e nomear mais ministros para o stf.

      Sendo assim, seremos o único país na América latina que vai crescer de verdade, e nosso exemplo levará o resto do mundo a voltar para a direita, após a quebra da pseudo economia chinesa.

      É melhor Jair se acostumando de novo …sem chance para os bandidos voltarem.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.