Damares Alves vai à Bahia acompanhar situação de prefeita ameaçada

Eliana Gonzaga vem recebendo ameaças de morte e ataques racistas desde a campanha eleitoral
-Publicidade-
Comitiva com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Comitiva com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, está, nesta segunda-feira, 10, na cidade de Cachoeira, na Bahia, junto com uma comitiva para prestar solidariedade e acompanhar o caso da prefeita Eliana Gonzaga (Republicanos).

Eleita em 2020, a primeira prefeita do município, de pouco mais de 30 mil habitantes, vem recebendo ameaças de morte e ataques racistas em redes sociais desde a campanha eleitoral.

Leia mais: “Bolsonaro critica mídia e esquerda por tratar traficantes como vítimas”

-Publicidade-

“Já chegamos em Cachoeira/BA para dar um basta em qualquer tentativa de intimidar a prefeita Eliana Gonzaga (Republicanos) no exercício do cargo. Aqui estão unidos representantes do Executivo, do Legislativo e do Judiciário federal”, tuitou Damares Alves.

Dois apoiadores de Eliana Gonzaga foram mortos entre o final de 2020 e março deste ano. Segundo a gestora municipal, após a morte dos militantes, as pessoas da cidade comentavam que existia uma lista com o nome de vários colaboradores ligados à campanha de Eliana que seriam os próximos alvos dos criminosos e que ela não assumiria o cargo.

A prefeita afirma que ajudou várias pessoas a se mudarem para a região metropolitana de Salvador, para que se protegessem, entre eles o vereador Georlando Silva. Ele só voltou para Cachoeira dois dias antes da posse e, ao permanecer na cidade, foi morto a tiros na frente da delegacia.

Eliana Gonzaga, que já foi vereadora do município duas vezes, diz que não sabe o motivo das ameaças. Ela conta que não tem inimigos e nunca tinha sido ameaçada antes da campanha para comandar a prefeitura de Cachoeira.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Louvável a Ministra Damares Alves, dar visibilidade a essa selvageria. Mas o que precisa é o Min.da Justiça mandar a Polícia Federal, porque isso é inconcebível que aconteça no Brasil de hoje.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro