-Publicidade-

Desembargador suspende lei e Bauru volta à fase vermelha

Notificada pela Justiça, prefeita acatou a determinação do magistrado
Prefeitura garante que garante que recorrerá da decisão
Prefeitura garante que garante que recorrerá da decisão | Foto: Divulgação/Sincomércio Bauru

O comércio de Bauru (SP) amanheceu de portas fechadas nesta quarta-feira, 10. Isso porque o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Fernando Antônio suspendeu os efeitos de uma lei que flexibilizava o isolamento social a pedido do Ministério Público do Estado — a Câmara Municipal havia aprovado uma medida que redefiniu os serviços considerados essenciais.

Dessa forma, a lista aumentou ao abranger outros setores da economia, como o comércio varejista, bares, restaurantes, salões de beleza, shoppings, buffets, clubes esportivos, escritórios, entre outros. A prefeita Suéllen Rosim (Patriota) foi notificada ontem e editou o decreto que pôs a cidade na fase vermelha do plano estadual de contingência da covid-19. Contudo, ela garante que recorrerá da decisão.

Leia também: “Prefeita de Bauru: ‘Não preciso me render a ninguém para defender meu município'”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

8 comentários

  1. A colocação de Bauru na fase vermelha é uma vingança do Dória contra a aproximação da prefeita de Bauru ao Bolsonaro. O que dizer do Dória após uma atitude dessas? Que tipo de canalha faz isso?

  2. é a “ciência” do imperador joao agripino se sobrepondo a “ciência” da vida, do direito de ir e vir, do direito a trabalhar, produzir, gerar riqueza e recurso e seguir comendo e vivendo. E esse desembargador segue o mesmo entendimento. Que nojo!!! As urnas nao esquecerão joao agripino. e o senhor desembargador que preste contas com o universo que tudo vê e tudo comanda. Batatas assando…população em alerta!!

  3. O correto é o congresso fazer uma lei, suspendendo o salário ou reduzir para 1/5 os salário dos procuradores, juízes e desembargadores, durante a pandemia, aí eles procurariam analisar melhor as tomadas de decisões.

  4. Ta na hora do senado dar um basta nesse juducializaçao nao e possivel que o poder judicirio se meter em assuntos que nao competem a eles nosso pais ta sendo governado por uma casta de juizes maus carater e ditadores esse pais tambem ta precisando de uma intervençao militar com urgencia ou vamos virar uma cuba ou venezuela chega da justiça prender o cidadao decente em casa e soltar a bandidagem por que isso que ta acontecendo precisamos fazer uma limpa no judiciario que se corrompeu de uma maneira nunca visto antes.

  5. Fora os politicos corruptos, a justica brasileira hoje e o maior perigo para o Brasil, grande parte dos magistrados entram por politicagem , o maior exemplo hoje vem do STF, estao as ordens de seus padrinhos politicos e nao pela justica , sem generalizar mas hoje se a justica fosse representada por uma cor essa seria VERMELHA

  6. Na fase vermelha estão os cidadãos contribuintes conscientes deste país!!! Vermelhos de vergonha, vermelhos de indignação, vermelhos por se acharem impotentes perante tanta ignorância e politicagem de personagens que não merecem mais que a lata de lixo!!!. Gente que tem seus salários e penduricalhos depositados todos os meses em suas contas ignoram a situação de quem precisa de trabalho para ganhar sua comida!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês