Os bastidores da ‘derrota’ de Haddad

Militância esperava comemorar votação expressiva, mas foi 'surpreendida' durante a apuração
-Publicidade-
Apoiadores de Haddad acompanham em silêncio e sem festa o discurso do petista
Apoiadores de Haddad acompanham em silêncio e sem festa o discurso do petista | Foto: Revista Oeste

Apoiadores de Fernand Haddad, candidato do Partido dos Trabalhadores ao governo de São Paulo, se reuniram no fim da tarde de domingo 2 em um hotel da região central da capital paulista. A “festa” foi preparada a menos de 300 metros do hotel onde Lula acompanhava a apuração das eleições.

Haddad chegou ao local pouco antes das 17 horas para acompanhar a apuração, ao lado de familiares e correligionários, num espaço exclusivo. Alguns andares abaixo, um auditório foi reservado à imprensa e outros apoiadores para o discurso da disputa pelo segundo turno. No entanto, o rumo das apurações não acompanhou as pesquisas de intenção de voto — divulgadas pelos institutos de pesquisa no decorrer da corrida ao Palácio dos Bandeirantes — e reduziu o clima de festa no lobby do hotel.

À medida que a apuração seguia e os votos paulistas se acumulavam ao candidato Tarcísio de Freitas (Republicanos), os apoiadores petistas não escondiam o clima de tensão. “Vamos virar”, disse um dos jornalistas. Mas, com o passar das horas e a evolução da apuração, aquele entusiasmo de antes não se via mais nos corredores do hotel.

-Publicidade-

O sorriso deu lugar à tensão. A cerveja já não estava tão gelada e muitos trocaram a bebida pelo energético. Todos aguardavam o resultado e mais do que isso: tentavam entender (entre eles) o que houve, já que o resultado não condizia com os “institutos de pesquisa”.

O alívio só veio mesmo depois do resultado nacional, quando Lula passou à frente de Jair Bolsonaro (PL). Foi uma comemoração breve, porém discreta, de poucos apoiadores. Àquela altura, já tinham percebido que o Estado de São Paulo escolheu nas urnas o candidato de Bolsonaro.

Diferentemente de outras “festas”, os minutos que seguiram foram silenciosos, a não ser pelo vaivém de um ou outro. Quando Haddad desceu para fazer o discurso aos jornalistas, não houve comemoração, mas, sim, aplausos discretos e contidos. Às 21 horas, Haddad falou aos apoiadores no auditório do hotel e cravou: “Chegamos a 36% dos votos e era menos do que almejávamos.” O recado foi dado à militância.

O candidato ao governo paulista disse aos jornalistas que “a migração do voto útil ocorreu a favor do bolsonarismo”. “A direita foi disciplinada e deu o recado”, admitiu.

Ao fim do discurso, Haddad respondeu a algumas perguntas dos jornalistas, e o cronograma da festa foi desfeito. Com antecedência, a assessoria do candidato já havia divulgado que ele iria a pé com os militantes se encontrar com Lula. Sem clima para festa ou comemorações, Haddad preferiu pegar um carro e seguir 300 metros até o hotel onde estava seu padrinho político.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

24 comentários Ver comentários

  1. PESSOAL, CUIDADO COM ESSAS AFIRMAÇÕES DO VOTO DO NORDESTE…PARA ISSO SER PEÇA DE ACUSAÇÃO, É PRECISO ACREDITAR QUE AS URNAS SÃO INFALIVEIS

  2. O paulista é diferente do Nordestino, aqui não nos deixamos ser manipulados por pesquisas que, sabemos ser fraudulentas.
    Com o Tarcísio no comando São Paulo irá dar um salto na infraestrutura e aumentar o combate ao crime organizado.
    A locomotiva está de volta aos trilhos, e se o resto do país quer viver na escuridão nada podemos fazer a não ser ligar o nosso farol para guiar aqueles que tentam sair dela.

    1. Desculpe, mas não concordo, os nordestinos estão sendo o bode expiatório da vez, como um estado “mais esclarecido” como São Paulo, dá 10 milhões de votos no ladrão?

    1. Vcs esquecem que se lugar ganhar o executivo …ele se unirá com o criminoso fraudador stf….com a gestapo PF… com o Conselho Nacional do MP, com o conselho Nacional de Justiça…. vão perseguir e enquadra TODO MUNDO…até o Congresso Nacional…
      ACORDEM!!

  3. Mal sei ligar um computador. NO entanto, vendo notícias ao redor do mundo de que hackers invadem sistemas de grandes bancos, NASA, Pentágono, Exércitos, empresas, companhias de aviação, companhias de saneamento, energia e mesmo no tal INVIOLÁVEL sistema eleitoral brasileiro do Xandão do PCC, onde um hacker ficou ” hospedado ” por meses e o TSE contratou uma empresa que deletou os passos do tal hacker que TSE, STF, extrema imprensa e extrema esquerda fingem demência para e$quecer, me pergunto se havendo, como há na PF Agentes afinados com a extrema esquerda que cumprem sabujamente ordens paridas pelo arbítrio de Xandão do PCC, é de todo errado pensar que entre os membros das Forças Armadas deram de ombros para a possibilidade de terem sido desenhados ALGORITMOS para as URNAS e TOTALIZAÇÃO, que ” falam ” um com o outro manobrando votos na recepção e na TOTALIZAÇÃO? Como entender que achem isso normal, a menos que tenham sido regiamente pagos para ignorar o óbvio? Como entender as discrepâncias gritantes entre candidatos eleitos com apoio do Bolsonaro, mas o Luladrão ter mais votos que o Presidente? Alguém com mais de um neurônio acha normal que um mineiro saia de casa e vote no Zema, no Cleitinho e no Nikolas e no Lula? Não tem nexo, senhores! Casos como este têm aos montes. A menos que as Forças Armadas tenham ” deixado ” acontecer a lambança no intuito de coletar fraudes na manipulação dos votos desde a URNA à TOTALIZAÇÃO e com isso desmascarar o sistema, ou são apenas coniventes, incompetentes e burros mesmo! Nada é ABSOLUTAMENTE seguro no mundo digital, posto que um Iphone pode ser hackeado mesmo desligado, hackers invadiram o sistema das Forças Armadas de Portugal e copiaram documentos secretos, hackers invadiram sistema do JP Morgan nos Estados Unidos, hackers invadiram o sistema de defesa dos Estados Unidos, hackers invadiram o sistema do Uber, hackers invadiram o sistema do FBI, hackers invadiram sistemas da CIA, hackers invadiram sistemas do maior oleoduto do Estados Unidos, hackers invadiram os sistemas da TAM e copiaram dados de milhares de passageiros, hackers invadem plataformas de criptomoedas, hacker rouba US$ 600 milhões da Ronin, hacker invade o sistema de ações das Lojas Americanas, hacker invade sistema do Senado Federal, mas Xandão do PCC et caterva insiste que seus sistema é inviolável. É sintomático que Marcola do PCC, patrão de Xandão tenha declarado voto em Lula, mesmo o Nine sendo ” pilantra “. Ou quem de direito toma as providências cabíveis ante ao que se anuncia, ou seremos a próxima Venezuela, Argentina, Cuba, Nicarágua, Colômbia…

  4. A explicação é muito simples. O interior de sampa é trabalhador conservador, a capital e adjacências, não tem mais “paulistas” mais sim brasileiros de todo o Nordeste que com certeza representam mais que 65 % da população da capital. Preciso desenhar?

  5. O poste ou marmita, como queiram, deve ter gastado fortunas, do dinheiro nosso, é claro, via fundo partidário, ENCOMENDANDO PESQUISAS e a #GloboLixo divulgando, mas deu em nada.

  6. O G1 AS 13 HS DO DIA 2 MOSTRAVA O RESULTADO DAS URNAS DA AUSTRALIA ,NOVA ZELANDIA ,FRANÇA,, JAPÃO FATO QUE NUNCA HOUVE ANTES ABRIR URNAS COM ELEIÇÃO EM ANDAMENTO

  7. Pq os ‘ mano ‘ preferem eles. Quais facilidades e vistas grossas haveria ? Pq um Xande censurou um diálogo de preferências ? Há algum motivo real ? obs. ñ foi disseram, foi uma gravação policial ; tão real// verídica qto a declaração do Alckmin : ” LULA quer voltar a cena do crime “.

  8. …e o porco Alexandre de Moraes ainda insiste em dizer que tudo foi tranquilo. Apuração acontecendo nas TVs e internet, porém, com pessoas ainda nas filas e votando às 22:00 horas? Só este bandido canalha do TSE acha que isso é normal.
    Cadeia nesse bandido careca e nos proprietários das empresas de pesquisas (Data Folha, IPEC, Quaest, BTG/Pactual)…

  9. São Paulo NÃO poderá permitir que o ParTido do narcotráfico e da bandidagem venha eleger o governador. Seria algo trágico. Sigam o extraordinário exemplo dado pelo RJ, PR e MG…

  10. Esse “professor” é o que tem de pior na política: dissimulado, com o eterno sorriso de paisagem e defensor de pautas diabólicas. Foi um péssimo prefeito da Capital. Merece o total ostracismo.

  11. Hahahahaha
    “Recado tá dado à militância”
    Militância não ganha eleição, meu caro Haddad. O que ganha eleição é o eleitor votar no candidato. O eleitor do Estado de São Paulo deu o recado e no segundo turno jogaremos a pá de cal em cima de você. É Tarcísio governador de São Paulo!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.