Plenário do TSE aprova medalha para homenagear Rodrigo Pacheco

Indicação foi sugerida pelo ministro Ricardo Lewandowski
-Publicidade-
Data de entrega da medalha ainda vai ser agendada
Data de entrega da medalha ainda vai ser agendada | Foto: Reprodução/ Divulgação

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou a entrega de uma medalha da ordem do mérito Assis Brasil para homenagear o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O parlamentar, conforme o TSE, prestou um serviço em prol da defesa da Justiça Eleitoral.

“Rodrigo Pacheco não só se destaca pelos serviços prestados à justiça eleitoral, mas também pelos relevantíssimos serviços à democracia brasileira”, afirmou o ministro Alexandre de Moraes, presidente da Corte Eleitoral. “Ele jamais faltou ao Brasil, à sociedade brasileira, ao judiciário e à democracia, sempre se posicionando de forma clara a favor da democracia contra qualquer arroubo antidemocrático.”

A homenagem foi uma sugestão do ministro Ricardo Lewandowski, do TSE, e a data de entrega da medalha ainda será agendada. Segundo o magistrado, o senador tem todas as qualidades necessárias para receber a homenagem. “Não apenas pela sua trajetória, mas ele tem prestado um apoio inestimável a esse TSE no sentido de atestar a higidez do processo eleitoral”, explicou Lewandowski.

-Publicidade-
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.