Presidente do TCU: documento do PL sobre urnas ‘descamba para má-fé’

Ontem, o TSE deu 24 horas para que Valdemar Costa Neto se pronunciasse sobre o documento
-Publicidade-
Dantas destacou que as urnas são auditáveis e que todas as etapas são seguras
Dantas destacou que as urnas são auditáveis e que todas as etapas são seguras | O ministro do TCU Bruno Dantas

O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, disse que o documento do Partido Liberal (PL) sobre as urnas é “uma mentira que descamba para a má-fé”. O texto da legenda, a qual o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), está vinculado, possui informações do próprio TCU e argumenta que encontrou falhas nas urnas eletrônicas.

Conforme o presidente do Tribunal, as informações utilizadas pela sigla não se referem às urnas, mas a um relatório e autoavaliação amplo que o órgão aplica a outras instituições públicas com diversos objetivos.

“O mesmo questionário é distribuído desde o Incra até o Ibama”, explicou Dantas. “Aquilo é uma pesquisa de autoavaliação com um quesito sobre sistemas eletrônicos, mas não é o da urna. Pode ser de almoxarifado, de RH. Pegar esta autoavaliação e dizer que o TCU afirmou que o TSE não está aderente às normas internacionais, além de ser mentira, descamba para má-fé.”

-Publicidade-

O documento do PL, divulgado na quarta-feira 28, informa supostas falhas no sistema eleitoral brasileiro. Ontem, em resposta à sigla, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirmou que o texto possui conclusões falsas e mentirosas e abriu uma investigação sobre o material. Segundo a Corte Eleitoral, o partido do presidente da República atenta contra o Estado Democrático.

O relatório encomendado pelo PL identificou 24 itens como falhas, relacionados à Governança e Gestão de Segurança e de Tecnologia da Informação e à falta de uma assinatura eletrônica qualificada, entre outros. O documento tem 130 páginas, mas possui um resumo de duas páginas.

A auditoria do PL ainda destacou que encontrou um “quadro de atraso” no TSE no que tange à segurança de informação. Além disso, segundo a sigla, a situação gera “vulnerabilidades relevantes”, podendo resultar em uma “invasão” nos sistemas eleitorais.

No entanto, Dantas destacou que as urnas são auditáveis e que todas as etapas são seguras. “Uma casa de auditores, como no caso do TCU, não se pronuncia com base em fé ou esperança”, disse. “Se pronuncia com base em evidências e todas as que colhemos afirmaram que as urnas são auditáveis e confiáveis em todas as etapas. Quem está dizendo isso não é a opinião de um ministro, são auditores que obedecem a padrões internacionais de auditoria.”

Dantas também comentou sobre a contagem de votos das Forças Armadas; eles já afirmaram que pretendem fazer uma checagem própria da apuração em tempo real. “Caso isso ocorra, quem for fazer, tem de contar como vai fazer”, explicou. “Uma contagem paralela faz pouco sentido, porque o Brasil tem mais de 500 mil urnas. Quem se propuser a contar paralelamente precisa contar em todas as urnas como vai fazer. Não adianta escolher cem e achar que aquilo é representativo do universo total.”

Ontem, o TSE deu 24 horas para que Valdemar Costa Neto, presidente do PL, se pronunciasse sobre o documento em relação às urnas. Na quinta-feira 30, uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo informou que o partido pagou pelo menos R$ 225 mil ao Instituto Voto Legal, responsável pela elaboração do relatório sobre as urnas do PL. Na quarta-feira, durante uma visita ao TSE, o presidente da sigla disse que não existe uma “sala secreta” na Corte Eleitoral para a apuração de votos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

15 comentários Ver comentários

  1. Lula tem acenado com várias propostas de cunho esquerdista radical em 2022, tais como revisão de privatizações, descontrole de gastos públicos, aumento de impostos volta da CPMF, libertação de bandidos, apoio financeiro a Cuba e Venezuela, perseguição a membros da Operação Lava Jato e partidos de oposição (direita), banimento de jornais e emissoras de oposição e maior abertura da economia brasileira ao capital chinês, inclusive à colaboração militar.

    Em termos geopolíticos, Lula presidente afasta o Brasil dos EUA e nos aproxima da China e da Rússia, que têm interesse em colocar mais bases militares na América do Sul, Atlântico Sul e Pacífico.

    Lula não pode ser eleito e, caso seja eleito, deve-se providenciar alguma maneira de impedi-lo de assumir.

  2. Por acaso querem que os brasileiros acreditem nas boas intencoes do tse ,stf etc ,quando suas acoes sao contrarias ao que deveria ser. Estao nos chamando de idiotas , É isto ? Desde o inico atuaram de maneira suspeita ..porque um ministro vai ate o parlamento para fazer mudar lei ? Qual o seu interesse pessoal ? É esta a funçao de um ministro do stf ? Porque tanto empenho para que as urnas nao sejam auditadas? E ainda se denominam democracia, se contesta eles é porque sao contra a democracia. Precisam urgentemente que o presidente devolva o livro da constituicao dado por sua excel. Rosa weber ,parece que era o unico exemplar existente na corte.

  3. Vou dar só um exemplinho em Minas o eleitor vai até uma urna votar no Zema Governador. No Cleitinho senador e no garoto que foi o deputado mais votado de Minas, desculpa não sei seu nome., Todos apoiando Bolsonaro e não vota no mito vcs estão querendo nos chamar de burros ou idiotas., há vai catar coquinho.

  4. O Tribunal de contas não é para investigar CONTAS, a contabilidade, das três esferas ? Pode interferir em decisões que não estejam ligadas a contas ? Exemplo – defesa do TRE sobre opiniões ou sugestões de outrem ? Se puder é no mínimo estranho.

  5. ‘Todes’ “unidos” em defesa do indefensável! O “sistemão” está cambaleante e prestes a levar um tombo histórico! O Brasil ficará livre desse “sistemão” inconfiável montado em dezenas de anos e tudo porque NÓS BRASILEIROS E DO BRASIL estávamos “nos linchando” para a política e é justamente isso que fez com que o “sistemão” progrediu tanto! PORÉM… PORÉM… O BRASIL GIGANTE… A C O R D O U !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Bruno Dantas, dá pra confiar? Um ministro que vai em reunião de apoio a Lula é impossível confiar na sua imparcialidade! Ele e todos os advogados que foram contra a lava jato!

  7. Essa patota do tse, stf, tcu, confederação planetária da via láctea e o escambal pode afirmar o que quiser a respeito das famigeradas urnas, mas fato é que a engenhoca é uma tranqueira com tecnologia pre-colombina. Talvez seja mesmo tão primitiva que não possa ter suas entranhas manipuladas por hackers com uma tecnologia mais sofisticada, por mera incompatibilidade de sistemas. Mas esse não é o problema. O problema é, não sendo possível obter a confirmação de que o voto dado foi o voto computado, ficamos nas mãos do tse. E aí, a perguntinha é: vosmecê confia num tse partidarizado?

  8. As urnas não são auditáveis, porque não existe um documento físico para checar com o voto eletrônico… O voto eletrônico não pode ser visto, ele não tem matéria, é apenas um pulso elétrico, são alguns kbytes… Impossível auditar um voto invisível sem que exista um registro físico impresso no papel…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.